Telefónica lança a Wayra X, hub global online para investimentos em startups com produtos digitais de consumo massivo

Telefónica lança a Wayra X, hub global online para investimentos em startups com produtos digitais de consumo massivo

Já se passaram quase 10 anos desde que a Telefónica decidiu criar a Wayra, hub global de inovação aberta, e abrir as portas da empresa para empreendedores. Hoje, o mundo está mais conectado do que nunca, e acaba de passar por uma aceleração da transformação digital. Agora, a Telefónica apresenta duas iniciativas que complementam a estratégia de inovação da companhia para se abrir ainda mais para o ecossistema de empreendedorismo.

A Wayra X é o primeiro hub 100% digital da Wayra projetado para investir globalmente em startups 100% digitais. Elas devem ter foco de trabalho remoto e desenvolvimento de um produto digital de consumo massivo que pode atingir milhões de usuários, independentemente da área geográfica.

Já a Wayra Builder é uma iniciativa para desenvolver empresas cujo objetivo é capitalizar o talento e a tecnologia internos da Telefónica para criar startups inovadoras em parceria com investidores externos.

“Queremos que este ecossistema colaborativo continue crescendo, razão pela qual lançamos estas duas iniciativas de grande valor estratégico para a Telefónica e seus clientes”, explica Irene Gómez, diretora da área Connected Open Innovation da Telefónica.

Telefónica reforça o apoio ao ecossistema de empreendedorismo e inovação

A Wayra X busca investir em startups de qualquer lugar do mundo, além dos países em que a Telefónica atua, de forma que possa melhorar a vida das pessoas incorporando as tecnologias mais recentes em suas vidas. Sem uma localização geográfica específica, a Wayra X aposta em projetos voltados para o mercado de massa e relacionados as áreas 5G, saúde, educação, casa conectada, entretenimento, mobilidade e futuro do trabalho, entre outras.

Este novo hub digital nasce com duas startups em seu portfólio e o plano é investir em outras 10 até o final de 2021. As primeiras investidas são:

BlaBla (Xangai) é uma plataforma de educação online que usa Inteligência Artificial e Machine Learning por meio de vídeos curtos para ajudar estudantes de inglês a se conectarem com conteúdos produzidos por falantes nativos.
Peoople (Madrid) é um aplicativo para descobrir recomendações de amigos e influenciadores populares sobre diferentes temas, incluindo livros, restaurantes, música e todos os tipos de experiências.

“No ecossistema de empreendedorismo, as empresas mais bem sucedidas são aquelas capazes de resolver um problema específico de forma brilhante, ou seja, resolvem o X. Na Wayra X, procuramos startups com foco em mercados de massa que sejam capazes de fornecer soluções tecnológicas para problemas que afetam milhões de pessoas”, explica Andrés Saborido, head global da Wayra. “A Wayra X é um hub sem barreiras geográficas, 100% digital e projetado para localizar produtos de massa que podem ser descobertos e distribuídos de forma digital”, afirma.

Ao fazerem parte da Wayra X, as startups terão acesso a uma excelente equipe de especialistas e mentores. Também serão oferecidos serviços para escalar os negócios que são prestados 100% remotamente, com acesso rápido aos clientes, teste de pré-instalação em terminais e possibilidade de integração aos LivingApps da Telefónica.

Já a Wayra Builder fará parceria com investidores externos e se concentrará na criação de startups que capitalizem tecnologia de alto potencial desenvolvida internamente na Telefónica. A primeira startup criada pela Wayra Builder é a Deeder, especializada em segurança cibernética e tecnologia legal. Esta é uma spin-off de um projeto de inovação realizado pela ElevenPaths, empresa de cibersegurança da Telefónica Tech.
A solução permite que os contratos sejam assinados por meio de aplicativos de mensagens.

Além destas duas novas iniciativas, a Wayra está presente em sete hubs de inovação na Europa e na América Latina com um objetivo claro de ajudar as startups a escalar globalmente. Desde a sua criação, a Wayra já investiu 49 milhões de euros em startups. A área Connected Open Inovation da Telefónica, da qual Wayra faz parte, tem um portfólio de mais de 500 startups, sendo que mais de 140 já fazem negócios com a Telefónica e sua rede global com mais de 340 milhões de clientes.

Comments are closed