Vendas nos canais digitais da Riachuelo crescem 380% no terceiro trimestre de 2020

Vendas nos canais digitais da Riachuelo crescem 380% no terceiro trimestre de 2020

Em um cenário desafiador devido aos impactos da pandemia, o Grupo Guararapes investiu na proposta de valor ao cliente por meio de uma melhor experiência de compra. Reflexo desses esforços foi a conquista de um crescimento de 380% nas vendas por meio dos canais digitais da Riachuelo e um aumento de 33% do ticket médio no 3T20, mesmo com todas as lojas físicas reabertas a partir de agosto.

A geração de caixa operacional totalizou R$449,6 milhões no 3T20. Nos meses de agosto e setembro o grupo registrou lucro líquido de R$ 22,6 milhões e R$19,4 milhões respectivamente, ante um prejuízo líquido de R$51,4 milhões devido as restrições do período como a redução do horário de funcionamento, que teve uma maior flexibilização apenas a partir do mês de agosto e pela implementação de limites máximos de pessoas nas lojas aderentes aos protocolos de segurança estabelecidos. Ainda assim, a companhia, mais uma vez, conquistou market share no segmento de vestuário e a Riachuelo foi eleita a marca de moda mais admirada pelos consumidores, conforme ranking divulgado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo (“IBEVAR”) – FIA 2020.

Para atingir esse patamar e seguir avançando a companhia mantem em ritmo acelerado a transformação digital do grupo. Com a integração sistêmica de 100% dos estoques (Ship from Store), todas as lojas do grupo já operam com o Retire Rápido (compra online e retirada de produto em até 4 horas), vendas pelo WhatsApp, PDV Mobile e prateleira infinita (e-store) promovendo comodidade e aumento da variedade aos clientes.

No período, 19% das vendas nos canais digitais passaram pelas lojas e em outubro esse percentual foi de 44%, indicando uma aceleração da operação omnichannel. O RCHLOVERS que transformou os colaboradores da companhia em promotores de venda será disponibilizado para qualquer pessoa ou parceiro que queira empreender a criando sua própria e-store até o final de novembro.

De janeiro a setembro de 2020, os investimentos do grupo em ativos fixos totalizaram R$247,4 milhões ante R$230,0 milhões relativos ao mesmo período de 2019. Do montante investido, R$227,7 milhões (92%) foram destinados à Riachuelo e Midway, sendo R$183,0 milhões para infraestrutura de TI, R$18,8 milhões alocados em lojas novas.

Gestão de Marcas e Posicionamento

A Midway, maior financeira do segmento varejo, com uma base de clientes entre as 10 maiores perante o Banco Central, mantem o foco e empenho em se tornar uma grande plataforma digital de produtos e serviços financeiros, ampliando sua atuação com a alta demanda do uso dos canais digitais e atentos às oportunidades geradas com a implementação do Pix e do Open Banking. A concessão de cartões nos canais digitais aumentou em 48% em relação ao 3T19 e na operação de empréstimo pessoal, a evolução foi de 103%.

A primeira loja física da Carter’s foi inaugurada no mês de setembro, no Shopping Ibirapuera, em São Paulo. Tal operação nasce com o propósito de oferecer produtos infantis com qualidade e bom custo benefício. Atualmente são três lojas da bandeira Carter’s com performance de vendas até duas vezes maior que o esperado nas primeiras semanas de operação.

No mesmo mês foi inaugurada a primeira loja da Casa Riachuelo com diferencial de oferecer produtos de qualidade a preços acessíveis, sempre sustentados por uma curadoria para garantir a presença de diferentes lifestyles. o lançamento desse formato de loja, que já conta com três espaços físicos abertos, reforça o fortalecimento da marca no segmento de casa e decoração e mostra a versatilidade do modelo de negócios para suprir as necessidades das clientes.

Alinhado à visão de negócio sem fronteiras , o marketplace do grupo, parte da estratégia de construção da plataforma de moda e lifestyle, terá os primeiros sellers integrados na primeira quinzena de dezembro.

Comments are closed