Novos projetos de SAP S/4 HANA puxam crescimento da SAP Brasil no trimestre

A SAP Brasil registrou mais um forte crescimento no terceiro trimestre de 2020, mantendo o ritmo dos negócios registrado no primeiro semestre, já sob os impactos da crise da Covid-19. O principal fator de fortalecimento está  na estratégia de aproximação com os clientes para ajudá-los em seus projetos imediatos e, principalmente, no planejamento das operações para a retomada dos negócios com o arrefecimento da crise do novo coronavírus.Em comparação com o mesmo período do ano passado, a empresa registrou crescimento de dois dígitos no fechamento de novos contratos de implementação do ERP digital SAP S/4HANA na nuvem e três dígitos na venda de novas licenças.

O trimestre também foi marcado pelo fechamento de novos projetos de implementação do SAP Business One, sistema de gestão digital para empresas em crescimento, com avanço de dois dígitos. A adoção de soluções na nuvem, em especial para integrar processos e desenvolver soluções diretamente relacionada ao modelo de negócios, impulsionou a adoção da SAP Cloud Platform (SAP SCP). As empresas também estão buscando maior sustentabilidade em seus processos de compras e relacionamento com fornecedores, impactando em três dígitos novos projetos na nuvem com as soluções do portfólio SAP Ariba.

“Registramos mais um trimestre muito positivo para a operação da SAP Brasil, marcado por grandes contratos com grandes empresas, mas também projetos com empresas menores que estão usando a tecnologia como habilitadora para seus projetos de negócios. O que temos visto é que as empresas estão priorizando seus processos de transformação digital e conciliando-os com seus planos de crescimento no médio e longo prazo. Elas têm adotado soluções que vão além da digitalização do back office, integrando seus processos de gerenciamento de compras e da cadeia de suprimentos, gestão de capital humano e buscando uma plataforma que ofereça capacidade de desenvolvimento com base nas necessidades dos negócios”, explica Adriana Aroulho, presidente da SAP Brasil.

O setor de maior crescimento no período foi o de petróleo & gás, impulsionado por um novo contrato com a Petrobras. A multinacional brasileira de energia e uma das maiores empresas de óleo e gás do mundo está acelerando a transformação digital, em parceria com a SAP, e deu um passo importante com a adoção do SAP S/4HANA. Agora, como parte de um roteiro de digitalização de cinco anos, a gigante do petróleo e gás está se voltando para a implementação dos sistemas SAP Ariba, SAP Concur, SAP Analytics Cloud, SAP HANA Enterprise Cloud e SAP IBP, entre outros, para apoiar seu crescimento, simplificar a arquitetura de sistemas agregando valor e tornando-se mais enxuta.

O trimestre também voltou a registrar projetos importantes no setor de telecomunicações, como o da Algar Telecom, uma das maiores empresas de telecomunicações do Brasil com mais de 1,3 milhão de clientes, que está transitando para economia digital e fazendo parceria com a SAP pela primeira vez. A empresa está adotando uma combinação de soluções como SAP S/4HANA Cloud, SAP Cloud Platform, SAP Ariba e SAP Digital Supply Chain para desenvolver completamente seus processos principais, transformar sua estratégia de compras e gerenciar seus requisitos de cadeia de suprimentos, tudo sob uma plataforma escalável, confiável e unificada.

O setor varejista segue sendo um dos que mais demandam novos projetos, como parte da estratégia de digitalizar a operação para responder às novas demandas dos consumidores. Neste segmento, a C&C Casa e Construção, um dos maiores varejistas do setor de reformas domésticas do Brasil, recorre à SAP para apoiar sua estratégia de crescimento e se tornar uma empresa inteligente. A empresa, com 39 lojas em 3 estados, adotou o SAP S/4HANA e outros produtos para unificar todas as suas aquisições em uma plataforma robusta e escalável e contar com acesso às informações em tempo real para permitir consolidar as operações, melhorar a gestão e tomar melhores decisões de negócios.

A migração para o SAP S/4HANA também faz parte da estratégia de crescimento da Natura & Co, 4º maior grupo de beleza pure play do mundo, iniciou sua transformação digital há alguns anos com a SAP como parceira de confiança, investindo em tecnologias avançadas, melhores práticas e processos integrados de negócios. Após a aquisição da Avon, a integração se concentrará na migração do SAP S/4 HANA como o sistema de gestão confiável para integração com outras soluções como SAP Ariba, SAP Warehouse Management e SAP Analytics para aperfeiçoamento da gestão da cadeia de suprimentos.

Grupo Boticário, maior franqueador do Brasil e um dos líderes em cosméticos no País, está confiando na SAP para apoiar seu plano de crescimento agressivo. A empresa, com mais de 4.200 lojas e presença em 15 países, está atualizando sua plataforma ERP para SAP S/4HANA para ter maior agilidade, flexibilidade, confiabilidade e informações em tempo real. Cliente de longa data da SAP, o Grupo também adotou o SAP Extended Warehouse Management para melhorar a logística e suportar as mais avançadas operações dos seus centros de distribuição, em conjunto com o SAP Advanced Track and Trace para uma gestão mais precisa dos pedidos.

Riachuelo, rede de varejo com mais de 320 lojas no Brasil e parte do Grupo Guararapes – maior grupo de varejo de moda do país – vem trabalhando em sua transformação com forte investimento em tecnologia e na operação. A empresa atualizou a plataforma SAP S/4HANA, recém-adquirida, para incluir um motor principal especializado para apoiar a indústria da moda e adotou o SAP Extended Warehouse Management para integrar as áreas de manufatura, varejo e finanças, levando suas operações ao próximo nível de excelência.

Fornecer a experiência digital certa ao cliente é fundamental no relacionamento das empresas com a sua base de clientes e essa demanda foi impulsionada pela crise da Covid-19. No Brasil, a montadora francesa Renault atualizou recentemente seu pacote SAP Customer Experience para fornecer aos clientes que compram um carro online uma experiência ainda mais integrada e relevante. A solução da SAP também ajudará a empresa a se concentrar na continuidade de negócios, tornando a operação mais ágil e eficiente para atender às demandas e, ao mesmo tempo, obter economia.

Dando continuidade aos projetos de modernização com as soluções da SAP, a Atento – maior provedora de serviços de CRM e BPO da América Latina e entre as 5 maiores do mundo – continua seu roadmap de transformação com a SAP. A empresa, com uma base de 135 mil funcionários, está implementando o SAP SuccessFactors para unificar seus processos de RH globalmente, procurando aumentar a eficiência operacional e automatizando tarefas manuais para garantir a precisão dos dados, respeitando as diferenças regionais nos 16 países em que opera.

SAP acelera a transição para a nuvem e tem como meta mais de € 22 bilhões em receitas na nuvem até 2025

No terceiro trimestre, o backlog de cloud acumulou 10% ano a ano, para € 6,60 bilhões em meio aos contínuos efeitos do COVID-19 nos negócios em nuvem da SAP. A receita da nuvem cresceu 11% ano a ano para € 1,98 bilhões (IFRS), um aumento de 10% para € 1,98 bilhões (não-IFRS) e de 14% (não-IFRS em moedas constantes). As receitas de transações continuadas mais baixas, especialmente no Concur, impactaram negativamente o crescimento da nuvem em 6 pontos percentuais. A receita da nuvem das ofertas SaaS / PaaS da SAP, que não pertencem ao conjunto de soluções de Intelligent Spend Management, e sua oferta IaaS cresceram 26% e 24% (não IFRS em moedas constantes), respectivamente. A receita de licenças de software caiu 23% ano após ano para € 0,71 bilhões (IFRS e não IFRS) e 19% (não IFRS em moedas constantes). A receita de nuvem e software caiu 2% ano a ano para € 5,54 bilhões (IFRS e não IFRS) e aumentou 2% (não IFRS em moedas constantes). A receita total caiu 4% ano a ano para € 6,54 bilhões (IFRS e não IFRS) e estável (não IFRS em moedas constantes)

“A COVID-19 criou um ponto de inflexão para nossos clientes. A mudança para a nuvem, combinada com uma verdadeira transformação de negócios, tornou-se uma obrigação para as empresas, para ganhar resiliência e posicioná-las para sair mais fortes da crise. Junto com nossos clientes e parceiros, iremos inovar e reinventar a maneira como os negócios funcionam em um mundo digital. A SAP vai acelerar o crescimento na nuvem para mais de € 22 bilhões em 2025 e expandir a participação da receita mais previsível para aproximadamente 85%”, declara Christian Klein, CEO da SAP.

América Latina mantém crescimento impulsionado pela adoção de soluções na nuvem

Na América Latina a SAP registrou o 21º quarter consecutivo de crescimento na nuvem, com aumento de dois dígitos no trimestre. O contexto de incerteza e a necessidade de continuidade dos negócios impulsionada pela pandemia acelerou a migração para soluções em nuvem. Além dos projetos em cloud, Brasil e México se destacaram neste trimestre pelo desempenho na venda de software on-premise. E nesta área, o crescente interesse na modernização e na mudança para a transformação digital foi demonstrado pelo crescimento de dois dígitos na adoção do ERP de próxima geração SAP S/4HANA, que está agregando cada vez mais novos clientes ao seu portfólio.

“As empresas da região têm demonstrado que com a adoção de tecnologia podem ser ágeis, resilientes e adaptáveis, três virtudes que, como evidenciado nos últimos meses, são essenciais para superar qualquer desafio”, disse Cristina Palmaka, presidente da SAP América Latina e da Caribe. “É verdade que navegamos em um cenário de muita incerteza, mas também repleto de desafios: a inovação e a transformação digital são ferramentas fundamentais para competir e vencer no contexto vertiginoso que nos é apresentado”, acrescentou.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.