Programa de Inovação da CDL POA define startups vencedoras

O Programa de Inovação da CDL Porto Alegre chegou a sua etapa final, nesta terça-feira (22), com a realização do Demoday, quando as 10 startups finalistas apresentaram suas soluções por meio de uma plataforma online. Ao encerramento do processo, três soluções foram escolhidas como vencedoras. A banca avaliadora foi composta por executivos da Entidade, membros da Diretoria e varejistas do mercado local e nacional. Os melhores projetos propõem auxiliar a ampliação das vendas em marketplaces, a gestão de micro e pequenas empresas e a integração entre e-commerce e aplicativos de troca de mensagens e redes sociais.

Das mais de 200 startups que demonstraram interesse pelo Programa, 162 foram inscritas em quatro diferentes temáticas para a apresentação de suas soluções: Cultura Digital, escolhida por 29 startups; Inteligência de Dados, por 36; Eficiência Operacional, por 43; e Experiência de Compra, por 54. A amplitude regional também foi significativa, com inscrições oriundas de 15 Estados: Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Quanto ao estágio de desenvolvimento das startups, a maior parcela já estava escalando o negócio, cerca de 45% delas, o que mostra um grau elevado de maturação das concorrentes.

O cronograma de realização do Programa teve início com processo de seleção das startups em junho. No mês seguinte, ocorreu a pré-seleção das 20 melhores inscritas. Em agosto, durante um evento online, houve a apresentação dos pitches para a banca avaliadora, que selecionou 10 empresas. Ainda no mesmo período, a CDL POA promoveu o Bootcamp – duas semanas de treinamento virtual para as startups, envolvendo diagnóstico 360 graus, mentoria e alinhamento das soluções. Em setembro, além do Demoday, também acontecerá a formalização e contrato com as premiadas, para ingresso na fase de aceleração, que deve ocorrer até o mês de novembro, com apresentação das soluções para os associados da Entidade. O processo contou com a mentoria da Grow+ e da AnLab, empresas reconhecidas no mercado por sua expertise em inovação.

As soluções vencedoras passarão a aderir ao portfólio de produtos da CDL POA, com o objetivo de expandir as ações de amparo e fortalecimento do varejo e de toda a cadeia produtiva, impulsionando a transformação digital do setor. O presidente, Irio Piva, entende que o Programa é parte das entregas que a CDL POA ambiciona para os seus 60 anos de história: levar inovação aos negócios. “Foi um longo processo de imersão interna, ouvindo associados e suas dores, e externa, participando de missões internacionais e em todo Brasil, à procura de assertividade. Estruturamos os quatro pilares das novas soluções que desejamos incorporar e oferecer – cultura digital, eficiência operacional, experiência de compra e inteligência de dados. Queremos um ecossistema eficiente, onde tudo esteja interligado, vemos o futuro desta forma, onde a tecnologia está a serviço das empresas”, detalha o presidente.

Ao longo de sua realização, o Programa passou por diversas adaptações em virtude da pandemia do novo coronavírus que alterou o cenário do varejo e as formas de consumo, acelerando a digitalização. Empresas que estavam mais preparadas para a transformação digital ganharam mercado, no entanto, as que estavam em uma etapa mais inicial nesta adaptação sofreram muito. “Por isso, passou a ser essencial para o Programa, mais do que nunca, digitalizar o pequeno varejo para mantê-lo vivo e próspero. Assim, podemos agregar benefícios ao nosso associado, tanto de pequeno quanto de grande porte, do Interior ou da Capital, com uma plataforma de soluções que o ajude a se digitalizar de forma fácil, rápida e barata, permitindo que ele continue sonhando e escalando o seu negócio”, explica o superintendente da CDL POA, Maico Renner.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.