Mastercard une líderes da tecnologia para lançar associação “Tech for Good” na América Latina

A Mastercard anunciou nesta quinta-feira, 17, o lançamento da iniciativa “Tech for Good Partnership”, um acordo sem precedentes do setor privado que reúne líderes em serviços financeiros e de tecnologia, com o objetivo de acelerar a inclusão digital e financeira na região da América Latina.

Apoiados no conceito de “Doing Well By Doing Good”, os parceiros da “Tech for Good Partnership” comprometem-se a usar seus recursos, ativos e conhecimentos para priorizar os esforços de inclusão digital e financeira pós impactos da Covid-19. Os parceiros incluem os bancos Bancolombia, Galicia e Citibanamex e as fintechs Mercado Livre e PayPal.

Nas atividades iniciais, os parceiros se concentrarão no desenvolvimento de iniciativas concretas em mercados específicos para expandir serviços financeiros básicos, como acesso a crédito e ajuda financeira, além de ferramentas e recursos educacionais para milhões de latino-americanos atualmente vulneráveis.

Com o tempo, a aliança compartilhará de maneira ampla, por meio de eventos virtuais, white papers e publicações, as melhores práticas e os resultados da iniciativa com o setor de serviços financeiros para a melhoria do ecossistema. A aliança entre essas empresas líderes foi amplamente inspirada na Parceria do CEO para Inclusão Econômica (CEOP), e estende para a região latino-americana os objetivos, esforços e aprendizados estabelecidos pela primeira vez pelo CEOP global.

O boom tecnológico observado na América Latina nos últimos anos tornou-se um facilitador para muitos terem acesso a bens e serviços durante esse período de distanciamento social. No entanto, muitas microempresas ainda não têm a capacidade de vender seus produtos online. Como parte dos esforços da Associação, o grupo trabalhará para desenvolver programas de resiliência digital para milhões de micro e pequenas empresas que não conseguem retomar os negócios.

Segundo pesquisa da Mastercard, o comércio eletrônico cresceu exponencialmente na América Latina, apontando que 54% dos colombianos, 52% dos brasileiros e 46% dos mexicanos pretendem comprar mais online.

“A tecnologia tem um poder transformador, que nos auxilia a enfrentar os desafios desse momento adverso. Com o desenvolvimento da economia digital, espera-se que as grandes empresas reúnam suas melhores mentes, recursos e esforços em prol da construção de uma economia mais inclusiva”, afirma João Pedro Paro Neto, Presidente Mastercard Brasil e Cone Sul.

“À medida que indivíduos e pequenas empresas navegam nas implicações econômicas e de saúde da pandemia, eles precisam de ferramentas financeiras digitais que os orientem para a segurança financeira de longo prazo”, disse Michael Froman, vice-presidente da Mastercard. “A ideia por trás da “Tech for Good Partnership” é que os líderes do setor privado possam se reunir e alavancar seus melhores ativos – ferramentas, tecnologia, conhecimento e experiência – para fazer a economia digital funcionar para pessoas e pequenas empresas da região. Estamos ansiosos para trabalhar com todos os nossos parceiros em um momento em que a inovação e as soluções digitais são necessárias mais do que nunca”.

No início deste anoa Mastercard se comprometeu a trazer um total de um bilhão de pessoas e 50 milhões de micro e pequenas empresas para a economia digital até 2025. Como parte desse esforço, haverá um foco direto em fornecer soluções para que 25 milhões de mulheres possam expandir seus empreendimentos. A parceria desempenhará um papel crítico no trabalho em direção a esse objetivo global. O Centro de Crescimento Inclusivo da Mastercard, com sua experiência em alavancar serviços financeiros digitais para potencializar oportunidades econômicas para empreendedores e comunidades, também apoiará os esforços de inclusão financeira na América Latina.

Os integrantes da ‘Tech for Good Partnership’ representam as grandes organizações que operam na América Latina sob um foco sólido: aproveitando a inovação e a tecnologia para impulsionar um crescimento inclusivo significativo e sustentável. A iniciativa representa um acordo sem precedentes do setor privado que tem como objetivo acelerar a inclusão digital e financeira na América Latina. Os parceiros já vinham realizando esforços de forma independente e agora estão comprometidos em aproveitar os pontos fortes um do outro em tecnologia e inovação para criar modelos de negócios transformadores e melhorar a vida financeira das pessoas.

Aqui está o que alguns de nossos parceiros ‘Tech for Good Partnership’ disseram:

“Esta união de diversas capacidades fortalece o impacto do nosso propósito de promover o desenvolvimento econômico sustentável para o bem-estar de todos, desta vez promovendo a inclusão financeira como uma ferramenta chave para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Com esta iniciativa, esperamos continuar beneficiando os mais de 3.000.000 de colombianos que atendemos hoje com nossos modelos de inclusão financeira, entre os quais se encontram mais de 200.000 pequenas empresas independentes que, diante da situação atual, requerem maior acompanhamento para sua reativação econômica”, afirmou Juan Carlos Mora, presidente do Bancolombia.

“Por mais de uma década, o Banco Galicia vem introduzindo conhecimentos financeiros fundamentais em 800 escolas em todo o país, chegando a mais de 500 mil estudantes e suas famílias e comunidades através deles. Em um país onde parte de sua população não possui contas bancárias e onde uma fatia de sua economia é informal, acreditamos que isso seja essencial. Assim que surgiu a crise da Covid-19, tentamos ajudar nossos clientes a compreender o banco digital e seus benefícios. Fizemos isso com upload de tutoriais em suas operações bancárias diárias e aumentando a assistência por meio de canais digitais e redes sociais. No entanto, este é apenas o começo. Hoje, o Banco Galicia continua determinado a desenvolver inovadoras soluções digitais para indivíduos e empresas, e esperamos fazer parte dessa força colaborativa que ajudará a América Latina a se recuperar do impacto da Covid-19”, disse Fabián Kon, CEO do Banco Galicia.

“O Citi vem promovendo a inclusão financeira como um fator fundamental de crescimento e desenvolvimento nos países onde o Banco opera. No México, através do Citibanamex, nossa parceria com a Tech for Good nos permitirá continuar a facilitar e expandir o acesso a produtos e serviços financeiros, especialmente para a população de baixa renda e pequenas e médias empresas. Continuaremos a promover o acesso a serviços bancários e a inclusão financeira como fatores-chave para um maior crescimento econômico, desenvolvimento mais equitativo e justo, além de padrões de vida mais elevados para todos no país. Além disso, essa parceria nos dará a oportunidade de alavancar a presença e os recursos do Citi na América Latina para expandir nosso papel nessas iniciativas e fazer um impacto maior na região”, disse Ernesto Torres Cantú, CEO da Citi Latin America.

“Entre as realidades trazidas pela Covid-19 está a necessidade acelerada de serviços financeiros digitais em todo o mundo e especialmente em países emergentes. Os métodos de pagamento eletrônico e sem contato são importantes, especialmente nas lojas, onde a troca de dinheiro físico é maior. Além disso, além dos pagamentos, é essencial que mais pessoas tenham acesso a outros serviços financeiros, como crédito e poupança”, disse Osvaldo Giménez, CEO do Mercado Pago. “Graças a essa parceria, temos a possibilidade de acrescentar esforços visando à inclusão financeira, o que apresenta uma oportunidade de desenvolvimento e crescimento para a América Latina”, concluiu Giménez.

“Por meio dessa aliança, o PayPal reforça seu compromisso de promover a inclusão financeira na América Latina, especialmente em tempos de incerteza. Queremos oferecer maior acesso a soluções a clientes vulneráveis e com uma ampla gama de necessidades financeiras em todo o mundo. Dadas as preocupações com a saúde devido ao COVID-19, devemos intensificar e continuar a trazer novas oportunidades de negócios com segurança, facilidade e conforto. Entendemos perfeitamente que, com a pandemia, os pagamentos digitais se tornaram fundamentais para pequenas, médias e grandes empresas da região, e continuaremos trabalhando para melhorar nossa oferta e usar nossos recursos para beneficiar os mais necessitados”, afirmou Federico Gómez Schumacher, GM PayPal Latin America.

Marcado , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.