Engineering reforça práticas ágeis com Centro de Excelência

A Engineering, companhia global de Tecnologia da Informação, acaba de criar um Centro de Excelência para assegurar e alavancar as suas práticas ágeis. O LACE (Lean-Agile Center of Excellence), como é denominado no mercado, será liderado por Rodrigo Silva, que tem o propósito de promover mudanças organizacionais e impulsionar a adoção de metodologias ágeis em toda a empresa.

“O objetivo do LACE é estimular a capacidade ágil da Engineering de se adaptar rapidamente ao mercado e ao ambiente para entregar produtos e serviços contínuos e com o máximo de valor e qualidade”, explica Silva.

Para esta estratégia, a companhia continuará a capacitar e orientar as equipes, a partir de seus líderes, no aprendizado de habilidades que promovam autonomia na resolução de problemas, engajamento no desenvolvimento de inovação e melhoria contínua a partir da identificação da causa raiz das ineficiências.

Adicionalmente, para a entrega de resultados, a proposta é estabelecer fluxos contínuos de trabalho baseados em feedback e ajustes constantes, que permitem a entrega de valor mais ágil.

Para garantir a efetividade do programa de agilidade, a área atuará em três níveis: squads, equipe de gestão de mudanças e portfólios, que, juntos, habilitarão o Business Agility da empresa, ou seja, a escalada da cultura orientada à mentalidade ágil.

“O DNA de agilidade da Engineering é uma providência nativa da nossa especialização, que é levar Transformação Digital aos processos das organizações. Por isso, a criação do LACE reforça e garante a efetividade de uma metodologia que já praticamos”, finaliza Silva.

Marcado , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.