Tecnologia em alta: conheça as fintechs que lideram o setor financeiro

A flexibilidade trazida pelo novo ambiente digital, com a regulamentação do compartilhamento de dados bancários (open banking) e as soluções de pagamento instantâneo (fast payments), vai acelerar ainda mais a transformação do setor financeiro, descentralizando o antigo ecossistema. A inovação tecnológica – base das fintechs – já criou inúmeros novos serviços e competidores de peso na arena de negócios digitais, e não mais necessariamente dentro dos grandes bancos. Na lista das dez mais importantes iniciativas brasileiras com esse perfil, que acaba de ser divulgada pelo Prêmio iBest, apenas três são ligadas a instituições tradicionais.

Conheça o os TOP 10 Brasil em Fintechs que concorrem ao Prêmio iBest:

Ame Digital
Banco Next
C6 Bank
Mercado Pago Brasil
Neon
Nubank
PagSeguro
Picpay
Stone
Superdigital Brasil

Os dez finalistas em cada uma das categorias do Prêmio iBest foram selecionados pela sua relevância na internet como um todo. Para isso, o iBest utiliza um algoritmo exclusivo, que analisou a presença e engajamento de marcas e influenciadores no Instagram, Twitter, Facebook, Youtube, sites e aplicativos.

Depois de marcar época na internet, o Prêmio ressurge com uma dinâmica renovada e um alcance maior. Ao todo, o prêmio contempla 54 categorias, com duas premiações em cada uma delas: Popular (onde todos brasileiros maiores de 16 anos podem votar) e o Oficial (escolhido por um grupo de especialistas e personalidades).

“Estamos trazemos de volta um selo de qualidade que continua a apresentar o que há de mais importante e interessante para os brasileiros”, afirma Marcos Wettreich, empreendedor e fundador do prêmio. “E é importante observarmos as mudanças de interesse dos consumidores, pois se há poucos anos o influencer competia com a mídia tradicional pela preferência da audiência, hoje na maior partes das vezes o influencer já lidera em vários segmentos. Nos resultados do iBest deste ano já podemos atestar claramente esta tendência ao analisar as relações dos dez maiores.”

Os campeões, assim como os finalistas (Top 10 e Top 3), receberão o selo iBest, um troféu digital que mostra ao mercado e aos consumidores que a iniciativa se destaca em relação aos demais competidores por sua relevância, e no Prêmio Popular com a distinção única e inequívoca de ter sido definida por votação aberta pelos brasileiros. “Entre tantas ótimas alternativas para os consumidores, chegar ao topo não é para qualquer um. É uma realização que merece reconhecimento e visibilidade para a marca”, explica Wettreich.

História

Criado pelo empreendedor e entusiasta do mundo digital, Marcos Wettreich, o iBest nasceu com a missão de estimular e reconhecer os melhores e mais influentes projetos da então nascente web brasileira. Entre 1996 e 2008, o prêmio foi a bússola para o reconhecimento das melhores iniciativas pioneiras na internet. Com milhões de votantes, foi considerado a maior premiação do gênero em todo o mundo e impulsionou os primeiros empreendimentos nacionais, revelando as empresas que se tornaram líderes na década inicial da internet no Brasil.

O Prêmio iBest foi desenvolvido pela Mantel Marketing, empresa de Marcos Wettreich. O iBest passou a ser uma empresa independente em 1999, quando GP Investimentos tornou-se sócio. Em 2001, a Brasil Telecom ingressou como acionista da empresa, tendo assumido a totalidade do controle em 2003. Em 2020 Wettreich criou a iBest Global, nova empresa que tem a missão inicial de desenvolver o novo iBest.

Marcado , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.