MIDITEC abre processo seletivo para startups de todos os níveis de maturidade

Com uma jornada mais inovadora, abrangente e completa, o MIDITEC, incubadora da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) em parceria com o SEBRAE/SC, abre processo seletivo para startups de toda Santa Catarina. Eleita pela UBI Global como uma das cinco melhores incubadoras do mundo, o programa já desenvolveu mais de 100 startups. Direcionado para startups de base tecnológica em fase de validação até escala, as inscrições estão abertas até 11 de setembro pelo site https://miditec.acate.com.br/.

O programa de incubação pode durar de 12 a 32 meses, dependendo da maturidade da startup selecionada, e é composto por duas fases: Startlab – que contempla as etapas de validação e geração de demanda; e Growthlab – que abrange as etapas de tração de vendas e escala. Dentro do programa, o empreendedor conta com um ecossistema eficiente, apoio da equipe incubadora e de consultores experientes, além da rede de mentores com profissionais de destaque no ecossistema catarinense. Também tem acesso ao programa LinkLab, que conecta startups com grandes empresas, e às Verticais de Negócio, podendo fomentar o networking e a geração de novas oportunidades.

Uma das empresas que viu seu negócio crescer após entrar no programa é a Vibbra!, plataforma que conecta empresas a profissionais de desenvolvimento de software pré-selecionados, com foco em trabalho remoto. Fundada em 2016, a Vibbra! foi selecionada para o MIDITEC em outubro de 2019, e tinha o objetivo de estruturar melhor o seu crescimento. O CEO Leandro Oliveira explica que a assessoria do programa tem sido fundamental para os resultados atuais, obtidos  em menos de um ano. 

“Desde janeiro tivemos um crescimento de 1662% em nossas vendas, e um crescimento médio mensal de 43%, em meio  a pandemia e crise econômica. Tínhamos uma plataforma estruturada e a entrada no MIDITEC nos deu visibilidade para o mercado. Além disso, conseguimos novos clientes por meio do LinkLab”, conta.

Atualmente a Vibbra! atende grandes clientes como a Totvs, Stefanini, Softplan, Bosch, entre outros, e possui cerca de 600 profissionais de tecnologia selecionadas em sua base. 

Processo seletivo

Para iniciar a jornada no MIDITEC, a startup precisa ter as competências técnicas, pessoais e de gestão complementares para o desenvolvimento da empresa. Propostas em fase de ideação e startups maduras em estágio avançado de escalabilidade, com receita superior a R$ 720 mil ao ano, não serão aceitas no programa. Não é necessário CNPJ durante a inscrição, entretanto, a startup terá o prazo de 90 dias para constituir a empresa e obter o CNPJ, caso seja selecionada.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail: miditec@acate.com.br

Marcado , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.