IdeiaGov anuncia selecionados dos primeiros editais que vão participar dos desafios tecnológicos contra a COVID-19

O IdeiaGov, Hub de Inovação que traz soluções de mercado e da sociedade para desafios do Governo do Estado de São Paulo, anunciou, nesta semana, os selecionados do edital “Testes acessíveis e replicáveis de diagnóstico da COVID-19” e “Ofertas Tecnológicas para o enfrentamento da COVID-19”. As empresas escolhidas foram Safetest Diagnóstico, Mindify e Neuralmed.

A startup Safetest Diagnósticos foi a escolhida para participar do desafio tecnológico “Testes acessíveis e replicáveis de diagnóstico da COVID-19”, pois apresentou um teste de diagnóstico sorológico do tipo ELISA e imunocromatográfico de fluxo lateral (teste rápido), ambos IgM e IgG, que foram desenvolvidos a partir de diversas técnicas de identificação de alta resolução, avaliando mais de três mil genomas.

O uso da abordagem apresentada pela startup resultou em um teste sorológico contra a COVID-19 de alta acurácia, ou seja, 100% de sensibilidade e 99,5% especificidade. Os diferenciais apresentados foram potenciais de detecção precoce, baixo custo, replicabilidade, resultados confiáveis, facilidade e simplicidade de utilização.

“A solução apresentada pela Safetest Diagnóstico foi a escolhida, pois apresenta alta acurácia (abordagem peptídica), não depende de insumos importados e é de baixo custo, quando comparado a outros testes rápidos sorológicos”, comenta Felipe Massami Maruyama, diretor de operações do IdeiaGov.

Para o segundo edital, “Ofertas Tecnológicas para o enfrentamento da COVID-19”, duas empresas foram escolhidas: Mindify, empresa especializada em inteligência artificial, e NeuralMed, startup de inteligência artificial para a saúde, que já desenvolve ferramentas de Inteligência Artificial há dois anos.

A NeuralMed apresentou um rastreamento epidemiológico de suspeitos da COVID-19 através do processamento de linguagem neutral, ou seja, fez a utilização de PNL em laudos (radiologia e diagnóstico por imagem), para extrair as informações de forma automática.

A proposta escolhida identifica automaticamente relatórios radiológicos com resultados específicos, fazendo a leitura do laudo, informando se está normal ou alterado, além de identificar as possíveis lesões ou doenças presentes, armazenando estes conceitos em bancos de dados.

Já a Mindify apresentou um software para capacitar equipes de Saúde no uso de protocolos de referência, mesmo sem treinamento prévio, para auxiliar na tomada de decisões e o registro de dados com simplicidade inédita.

A solução funciona através da coleta de dados clínicos estruturados oferecendo formulários (telas) simples de usar, usando os dados para apoiar a tomada de decisões clínicas e para automatizar procedimentos burocráticos Os formulários podem ser utilizados sem necessidade de integração com o software de gestão hospitalar.

“No projeto proposto pela NeuralMed, a automatização da leitura de laudos e a redução de custos são os diferenciais. Já no da Mindify, a simplificação das rotinas, a segurança e a gratuidade de 12 meses para o Estado chamaram atenção”, afirma Maruyama.

Além desses dois editais, o IdeiaGov vai anunciar, nos próximos dias, os selecionados para a terceira, e última, fase do edital “uso de inteligência artificial para diagnóstico da COVID-19 através da imagem”. Para saber mais informações, acompanhe pelo site http://ideiagov.sp.gov.br/ .

Edital Aberto

A quarta Chamada Pública, “UTI Conectada – Monitoramento dos sinais vitais e/ou operação remota de medicação de pacientes internados”, está com inscrições abertas até o dia 12 de agosto.

Pessoas jurídicas que tenham interesse em apresentar propostas de soluções inovadoras relacionadas ao desafio de monitoramento dos sinais vitais e operação de aparelhos eletromédicos usados em leitos hospitalares (UTI e Enfermaria) em um modelo remoto, inteligente e integrado devem se inscrever até o dia 12/08/2020 no site do IdeiaGov: http://ideiagov.sp.gov.br/ .
Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.