Dia dos pais: ABComm prevê 23% de aumento nas compras online

Entre os dias 20 de julho e 8 de agosto, a ABComm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico – prevê um aumento de 23% nas compras do e-commerce no país na comparação com o mesmo período de 2019 devido ao Dia dos Pais.

De acordo com a associação, a data deve trazer R$ 3,5 bilhões ao setor. O tíquete médio esperado para essas compras online é de R$ 373. Estima-se também um total de 8,43 milhões de pedidos no período.

A data, que é uma das mais importantes do calendário do e-commerce, faturou em 2019 R$ 2,5 bilhões e cresceu 20% em relação ao ano de 2018, segundo o Ebit Nielsen.

Ainda que esteja acontecendo uma reabertura do comércio, muitos ainda preferem fazer as compras de casa para diminuir os riscos de contaminação em relação ao novo coronavírus. De acordo com uma pesquisa realizada pela Social Miner e Opinion Box, 64% das pessoas pretendem continuar comprando tanto online, quanto offline.

“Algumas cidades no Brasil já iniciaram ensaios de liberação e volta do comércio de rua, com algumas limitações, principalmente em relação ao horário de funcionamento. Com isso, a experiência de compra física, está se tornando menos eficiente, e mais demorada, além dos riscos envolvidos. Dito isso, a saída com certeza será o universo digital, que tem surpreendido positivamente em relação a logística. Mesmo com o crescimento acelerado, os prazos de entrega dos principais sites de vendas no Brasil tem reduzido bastante”, explica Felipe Dellacqua, VP de vendas e sócio da multinacional de cloud commerce Vtex.

Segundo o especialista, as categorias mais procuradas para presentear os pais na data são perfumaria e cosméticos, moda e acessórios e casa e decoração. De acordo com ele, para esse ano, a expectativa de vendas online é alta.

“Com a pandemia, muitos compromissos profissionais e viagens foram adiados, o que tem tornado a convivência em família ainda mais forte. Com o crescimento do e-commerce que já ultrapassa os 50% quando comparado a 2019, a tendência é que o Dia dos País esse ano supere o crescimento do ano passado”, explica Felipe Dellacqua, VP de vendas e sócio da Vtex.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.