Transformação digital do RH é mandatória para evolução do setor

A tecnologia 4.0 prova constantemente que a inovação existe para somar junto com a humanidade, e no setor de Recursos Humanos não tem sido diferente. Este segmento tem responsabilidades fundamentais para o bom funcionamento de uma empresa e, mais do que números, o RH precisa de análises consistentes para tomada de decisão assertiva. “A máquina faz os cálculos, mas o que são os números se não estivermos prontos para a análise? A questão é sempre utilizar recursos tecnológicos que facilitem e tragam praticidade no nosso dia a dia, mas o olhar humano é indispensável”, explica Marcelo de Abreu e Silva, vice-presidente da Employer.

As empresas estão atentas para os melhores investimentos direcionados tanto em tecnologias como na evolução dos funcionários. Desta forma, o RH consegue promover gestão de pessoas com qualidade, simplificando tarefas operacionais e se dedicando a atividades que exigem mais análise e estratégia. “Existe uma mudança comportamental nas pessoas, estamos com acesso a um conhecimento maior, vivemos uma geração de questionadores que são fundamentais para que nunca estejamos na zona de conforto”, comenta Marcelo.

Essa transformação não está longe e pode facilmente, com investimentos interessantes, ser incorporada na rotina do RH. A Employer produz essas tecnologias como, por exemplo, processos de automatização de contratação que economizem tempo e espaço físico; distribuição de holerites e canais de comunicação online que não só protegem a saúde das pessoas, mas também economizam recursos e aproximam a empresa de seus colaboradores; sistemas de coleta de dados que unificam e facilitam pagamentos, bem como, as decisões estratégicas de manejo de equipe; ponto com inteligência artificial para reconhecimento facial que traz segurança ao empregador e empregado.

Segundo Patrícia Perez F. Lemes, Gerente de Recursos Humanos da Multinacional Froneri, os ganhos foram muitos desde que a empresa aderiu as soluções de RH da Employer. “Desde 2017, investimos em ferramentas para uma melhor gestão dos processos de RH, buscando sempre garantir aos nossos colaboradores transparência e agilidade nas respostas. Com o acesso online à marcação de ponto, comprovantes de pagamentos, formulários interativos, políticas e históricos, nossos colaboradores possuem acesso às suas informações 24 horas por dia, contando ainda com a facilidade das consultas através de app no celular”, conta.

A automação e robotização de processos, inteligências artificiais e deep learning estão cada vez mais presentes nas organizações. A transformação digital, que já era uma realidade, foi acelerada consideravelmente nesse cenário que estamos passando.

“Nosso processo de admissão foi reduzido de aproximadamente cinco dias para dois dias (devido aos prazos do e-social), sendo as informações dos aprovados armazenadas em nuvem e protegidas por rigorosos sistemas de Cyber Security, que garantem a proteção de dados pessoais e acesso rápido ao RH, sem esquecer do ganho ambiental, reduzindo a impressão e o consumo de papel”, explica Patrícia.

Com a transformação digital do RH combinada com tecnologia e análise de dados da equipe, o setor desenvolve autonomia e estratégias que apoiam e facilitam as decisões tomadas pela diretoria da empresa. “A questão não é nos tornarmos digitais, mas sim utilizar a tecnologia para o empoderar ao recurso mais importante das organizações, as pessoas!”, finaliza

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.