boostLAB, do BTG Pactual, abre inscrições para potencialização de startups em nível avançado

O boostLAB abre inscrições na próxima segunda-feira (1) para sua sexta edição do programa de potencialização de startups em nível avançado, as chamadas Scale-ups. O programa do BTG Pactual , maior banco de investimentos da América Latina, conta com a parceria e metodologia da ACE, uma das maiores empresas de inovação corporativa da América Latina.

Nessa edição, o boostLAB busca soluções nas seguintes áreas: Open Banking, Fintechs, ERPs, Machine Learning, Artificial Intelligence, Real Estate, Big Data, Legaltechs, Insurtechs, Blockchain e Edtechs. Para participar do programa, é importante que as Scale-ups tenham ao menos dois sócios com dedicação exclusiva, produto pronto, tração e vendas recorrentes para resolver problemas reais, de forma escalável.

“Estamos cada vez mais satisfeitos com os resultados do boostLAB, que também se consolidou como o hub de negócios do BTG Pactual para o ecossistema Tech. Neste Batch, estaremos ainda mais atentos às soluções relacionadas ao Open Banking, haja visto os avanços da implementação deste modelo no Brasil”, diz Frederico Pompeu, sócio do BTG Pactual responsável pelo boostLAB.

A quinta edição do programa superou a marca de 335 empresas inscritas. Para o Batch #6 serão selecionadas de cinco a dez startups para seguirem no programa durante o segundo semestre. As inscrições vão até 17 de julho e devem ser feitas pelo site: http://www.boostlab.com.br/.

Incentivos para as startups

A iniciativa prevê a realização de parcerias e negócios com o BTG Pactual, empresas parceiras, fornecedores e demais integrantes de seu ecossistema. As selecionadas recebem também créditos na nuvem e benefícios que podem chegar a mais de R$ 300 mil.

Um dos pontos de destaque do boostLAB é a proximidade dos sócios e diretores sêniores do banco, que oferecem mentorias e dividem suas experiências por meio de seu Conselho. Cada um dos envolvidos tem um papel fundamental na estrutura do programa e na melhor integração entre as startups e o Banco. São eles: Frederico Pompeu – Head do boostLAB, que tem dedicação exclusiva ao programa, Amos Genish (Sócio responsável pela Unidade Digital de Varejo), André Alves (Head de Marketing), André Fernandes (Head de Risco), Gabriel Motomura (Líder da área de crédito para PMEs), José Vita (Membro do Comitê Executivo), Marcelo Flora (Head do BTG Pactual Digital), Mateus Carneiro (Head do RH), Mauro Dutra (CFO do Banco Pan), Pedro Henrique Fragoso (Private Equity), Renato Mazzola (Head do Private Equity e do time de Infraestrutura), entre outros.

Além do Conselho, um time de executivos com grande destaque em suas áreas de atuação também se dedica ao programa, como Cláudio Galeazzi, ex-CEO do GPA e BRF e grande referência em reestruturações de empresas no Brasil, Edison Ticle, CFO da Minerva, Florian Bartunek, CIO da Constellation, Otávio Araujo, CFO da Dotz, Sônia Hess, eleita pela revista americana Forbes como a terceira mulher de negócios mais poderosa do Brasil, Stelleo Tolda, COO do Mercado Livre e muitos outros. As Scale-ups também contam com um time grande de mentores da ACE e do Google Launchpad.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.