Maior conferência da América Latina de startups reúne mais de 12 mil pessoas

Pelo sexto ano consecutivo, a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), entidade que representa o ecossistema brasileiro de startups, realizou, durante os dias 29 e 30 de novembro, a Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo, maior evento latino-americano voltado para startups e reuniu mais de 6 mil participantes únicos por dia.

Ao todo, foram oito espaços de conteúdo com mais de 135 palestras no total que falaram sobre os mais variados temas relacionados a startups e empreendedorismo. Além disso, os participantes puderam participar de quatro trilhas separadas por área de conhecimento: hipsters, que reunia criativos e designers; os hackers, responsáveis pelo desenvolvimento de soluções tecnologias; e por fim, os hustlers e hypers, com os especialistas em vendas e marketing, respectivamente.

O palco principal contou com a presença do representantes do iFood, Stone, 99, Darwin Startups, Google for Startups, SemRush, RD Station, Reserva, Maya Capital, Cubo, Nubank, entre outros palestrantes, que levantaram temas como “Como chamar atenção das aceleradoras”, “Como construir uma startups com diversidade e inclusão”, “Captação de recursos e Aquisição de Empresas”, entre outros temas.

No primeiro dia, o Co-fundador do Wikipedia, Jimmy Wales, destacou a importância de falhar para a construção de seu negócio de sucesso e as tentativas frustradas que teve na criação e desenvolvimento de seu primeiro produto de sucesso, lançando também uma nova plataforma de informações, o WikiTribune, sem propaganda e de atuação multinacional, já livre para acesso mundo a fora.

Ao todo, foram oito espaços de conteúdo com mais de 135 palestras no total que falaram sobre os mais variados temas relacionados a startups e empreendedorismo. Além disso, os participantes puderam participar de quarto trilhas separadas por área de conhecimento: hipsters, que reunia criativos e designers; os hackers, responsáveis pelo desenvolvimento de soluções tecnologias; e por fim, os hustlers e hypers, com os especialistas em vendas e marketing, respectivamente.

O palco principal contou com a presença do representantes do iFood, Stone, 99, Darwin Startups, Google for Startups, SemRush, RD Station, Reserva, Maya Capital, Cubo, Nubank, entre outros palestrantes, que levantaram temas como “Como chamar atenção das aceleradoras”, “Como construir uma startups com diversidade e inclusão”, “Captação de recursos e Aquisição de Empresas”, entre outros temas.

No primeiro dia, o Co-fundador do Wikipedia, Jimmy Wales, destacou a importância de falhar para a construção de seu negócio de sucesso e as tentativas frustradas que teve na criação e desenvolvimento de seu primeiro produto de sucesso, lançando também uma nova plataforma de informações, o WikiTribune, sem propaganda e de atuação multinacional, já livre para acesso mundo a fora.

Representando o Comitê Corporate da Abstartups, a Accenture lançou um playbook com alguns insights sobre as maiores empresas têm conduzido o relacionamento com startups. Já a startup catarinense Exact Sales, especializada em um software que ajuda vendedores a prospectar novos clientes, comprou a Results, uma startup de inteligência artificial de Goiânia, adquirindo o software capaz de coletar dados públicos. “Estamos comprando a tecnologia da empresa para deixar nossos robôs de pesquisa mais assertivos”, afirma o executivo.

Satisfeito com o resultado, o presidente da Abstartups, Amure Pinho, comentou no fechamento do evento: “Mais forte do que nunca, o CASE conseguiu reunir grandes nomes do cenário de inovação e empreendedorismo nacional e internacional, conectando ideias e pessoas com muito conteúdo relevante e importante para a consolidação do ecossistema nacional. O tamanho e a qualidade do público, dos expositores e palestrantes provam que estamos no caminho certo”.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.