Geru atinge a marca de R$ 1 bilhão em empréstimos concedidos

Geru atinge a marca de R$ 1 bilhão em empréstimos concedidos

A Geru , primeira fintech de empréstimo pessoal do Brasil, acaba de atingir a marca de R$ 1 bilhão em volume de empréstimos concedidos no país. Longe de toda a burocracia das grandes instituições bancárias, a startup se antecipa à concorrência e consolida seu pioneirismo no setor ao tornar o acesso ao crédito mais democrático, simples e seguro.

Chegar a R$ 1 bi com apenas quatro anos de operação é, sem dúvida, um volume bastante expressivo para a história das fintechs, segundo Sandro Reiss, fundador e CEO da Geru. “Nossa trajetória é marcada pela democratização do acesso ao crédito e também por quebrar paradigmas no mercado de crédito no Brasil. Essa conquista reforça que existe espaço no mercado para soluções que proporcionam mais facilidade, melhores condições e um serviço superior às instituições tradicionais. Os clientes não estão mais presos aos seus bancos, podem consumir os melhores serviços e produtos financeiros, após uma pesquisa cuidadosa escolhem a Geru”, afirma o empreendedor.

A Geru oferece empréstimos sem garantia, com valores que variam entre R$ 2 mil a R$ 50 mil e taxas mais acessíveis, customizadas conforme o perfil do usuário. Além disso, em agosto de 2019, a startup se tornou a primeira fintech brasileira a ter seus papéis com rating avaliado pela agência global Standard & Poors, reforçando ainda mais seu reconhecimento no mercado de crédito.

“Todo o crescimento da Geru está ligado ao nosso forte investimento em tecnologia, ciência de dados e um time de ponta, para oferecer aos nossos clientes a melhor experiência possível, não só na hora de tomar um empréstimo, com taxas atraentes, valores mais altos e resposta na hora, mas também na hora de pagar de volta, com o melhor serviço do mercado”, explica Reiss.

Comments are closed