Brasil bate recorde de vendas no Festival Global de Compras 11.11

O AliExpress, marketplace global de vendas online do Alibaba Group, anunciou que o Brasil bateu um recorde durante o Festival Global de Compras 11/11 deste ano registrando três vezes mais transações em comparação com o ano passado, fazendo do país, o mercado que cresce mais rapidamente na plataforma.

No Brasil, foram necessárias apenas 16 horas do festival para superar as 48 horas de vendas do evento em 2018. As categorias mais vendidas durante o 11.11 incluem Beleza e saúde, Computador e escritório, Aparelhos eletrônicos, Telefones e Telecomunicações, Brinquedos e Hobbies, Relógios – 15 vendas por minuto, entre outras.

No início do festival, o AliExpress colaborou com 11 influenciadores populares no Brasil, cujos seguidores no YouTube e Instagram totalizam 120 milhões. 10 iPhones foram doados aos consumidores que compartilharam as novidades do evento pelas redes sociais e o AliExpress sorteou ainda dois carros 0km entre os compradores brasileiros.

Os dois ganhadores receberam os carros na quinta-feira (21/11). Um dos sortudos foi um estudante da Bahia que comprou acessórios eletrônicos e roupas, gastando em torno de R$ 630. O estudante elogiou a extensa seleção de produtos que a plataforma oferece, junto com preços acessíveis.

Outra sorteada foi uma designer do Paraná que descobriu o AliExpress através do Google e destacou a variedade de produtos interessantes de qualidade e com bom preço que o marketplace oferece.

AliExpress na Black Friday

Para a próxima Black Friday, o AliExpress preparou outro sorteio exclusivo para os consumidores brasileiros, e dessa vez, o carro sorteado é uma Mercedes-Benz. A participação será por pedidos de compra – ou seja, uma compra é igual a um número da sorte e cada pessoa pode acumular até 20 números. Para concorrer ao carro, o cliente deve fazer compras a partir de US$5 (aproximadamente R$ 20) na plataforma, entre as 5 da manhã (horário de Brasília) de 29/11 às 5h do dia 03/12. O grande sortudo será anunciado após o término da Black Friday.

Os consumidores que ajudarem a compartilhar o sorteio do carro do AliExpress também terão chances de concorrer por cinquentas Xiaomi Redmi Note 8 e cem Mi Band (pulseiras inteligentes da Xiaomi).

Todos podem participar da competição, basta fazer um repost da imagem do sorteio com a hashtag #blackfridaybrasil, marcar o AliExpress Brasil (@aliexpressbr) e dois amigos entre os dias 23/11 e 28/11. O vencedor ganhará um Xiaomi Redmi Note 8 e duas Mi Bands, um para cada amigo marcado. Ao todo, serão anunciados 50 vencedores no dia 12/12.

Para acompanhar as ofertas especiais para o Black Friday no Brasil, clique aqui. A promoção começa na sexta-feira (29/11).

Transformando o 11/11 em um evento global

À medida que o grupo Alibaba se expande para os mercados globais, o AliExpress difunde o fenômeno da “satisfação das compras” para os consumidores, mudando a maneira como as pessoas compram, oferecendo conteúdo e entretenimento enquanto elas navegam e adquirem o produto desejado.

Durante o festival de 48 horas deste ano, o AliExpress convidou mais de 3.500 influenciadores on-line e blogueiros do Brasil, Oriente Médio, Rússia, Itália, Coréia, Espanha e Polônia para promover vendedores e produtos em suas contas das redes sociais.

Com o número total de seguidores superior a 100 milhões, o AliExpress obteve potencialmente acesso a mais de 10% da população dos países mencionados acima. O AliExpress também hospedou mais de 1.000 transmissões ao vivo em sua plataforma, trazendo uma nova experiência de compra para os consumidores, além de novas oportunidades de emprego.

A infraestrutura é outro ponto que o AliExpress teve que dar como uma das prioridades para conseguir tornar o evento global. Junto com Cainiao, braço logístico da Alibaba e Ant Financial, o AliExpress está colaborando com parceiros de logísticas locais, internacionais e com provedores de pagamento para facilitar a venda e a compra por comerciantes através da plataforma.

Um exemplo a ser citado é a parceria com a Turkish Post para lançar um serviço dedicado Turquia-Rússia, o que reduziu a velocidade média da entrega de 35 para 10 dias.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.