Neobpo desenvolve solução tecnológica para as instituições de ensino

A Neobpo, empresa especializada na oferta de soluções, aliando consultoria, tecnologia e serviço de BPO, desenvolveu uma ferramenta de automação capaz de realizar a transformação digital nas instituições de ensino. A solução é direcionada para otimizar a experiência do aluno, automatizar processos e ainda contribuir com as exigências impostas pelo Ministério da Educação, em que decreta que todas as universidades brasileiras têm até abril de 2020 para migrar todo o acervo acadêmico e jornada do aluno para o formato digital.

A medida inclui a documentação dos alunos, professores e cursos de graduação, pós e ensino médio. Portanto, documentos de planejamento acadêmico, dos docentes e de toda a jornada do aluno, do ingresso à conclusão, deverão estar disponíveis digitalmente.

A diretora comercial e marketing, Fernanda Grolla explica que a transformação digital está promovendo uma mudança de mindset em organizações de diversos segmentos e a área da Educação está cada vez mais empenhada em aplicar essa mudança. “A ferramenta que desenvolvemos moderniza o sistema de ensino, trazendo mais segurança para a custódia dos documentos. Nosso objetivo é levar inovação de automação às instituições de ensino para que elas possam se concentrar no que é mais importante: seus alunos”, afirma.

O objetivo é prover mais qualidade no atendimento ao aluno da captação à conclusão e mais agilidade no dia a dia de trabalho. A solução tecnológica suporta todos os processos administrativos, como controle geral de cursos e follow-up automáticos das notificações e prazos, e principalmente, toda a jornada do aluno, com ingresso e secretaria digital. Algumas funcionalidades são: a tipificação automática de documentos e reconhecimento ótico de caracteres que acelera o processo de ingresso, controle em tempo real das solicitações dos alunos durante a vida acadêmica e emissão de certificado com assinatura digital.

De acordo com Fernanda Grolla, a adequação das universidades às exigências passa pela sua entrada no ecossistema brasileiro de inovação. “A regulação cria as bases para um sistema de ingresso totalmente digital, acompanhamento online do desempenho acadêmico do aluno, provas com QR code muito mais fáceis de corrigir e subir no sistema, entre outras inovações possíveis. O ecossistema de inovação está pronto para oferecer soluções às instituições de ensino para tornar tudo isso possível”, conclui.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.