Brasil Risk Summit reúne lideranças, reguladores e autoridades para discutir o combate a crimes financeiros, lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo

Brasil Risk Summit reúne lideranças, reguladores e autoridades para discutir o combate a crimes financeiros, lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo

O Banco Central do Brasil (BACEN), publicou em janeiro deste ano o Edital de Consulta Pública 70/2019, com o objetivo de aperfeiçoar a regulamentação de prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo (PLD/FT) para as instituições reguladas pelo órgão. A medida prevê que o Brasil reforce as estruturas normativas de controle sobre lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores, além de financiamento do terrorismo.

Em meio a esta discussão, o Brasil Risk Summit 2019 reúne as maiores lideranças, executivos, autoridades, reguladores e profissionais da área de Compliance e Risco para abordar os principais desafios do setor, as novas regulamentações locais e globais e o impacto da Lei Geral de Proteção da Dados (LGPD) sobre a base de dados destinada ao combate ao crime financeiro, um dos principais desafios atuais para os profissionais que atuam na área.

No dia 06 de novembro, acontece em São Paulo a terceira edição de um dos principais eventos sobre risco financeiro do mundo, que acontece em Nova York, Londres e Dubai. Promovido pela Refinitiv, o Brasil Risk Summit 2019 contará com autoridades, como o Ministro da Advocacia Geral da União, André Mendonça, que abordará a evolução das regras dos acordos de leniência. Já Tom Fox, uma das maiores referências mundiais em compliance, irá falar sobre os principais erros das empresas com seus programas de combate à corrupção e sobre o DOJ (Departamento de Justiça dos Estados Unidos) e Revisão da Avaliação dos Programas de Compliance.

Os crimes financeiros também são destaque do evento. Neste cenário, a Refinitiv, uma das maiores provedoras de dados de mercados financeiros e de infraestrutura do mundo, realizou a pesquisa “A inovação e a luta contra o crime financeiro”, em que entrevistou 3.138 companhias dos cinco continentes — incluindo Brasil- e levantou números relevantes que reforçam a importância do trabalho no setor e como a tecnologia está ajudando na prevenção e na luta contra os crimes financeiros. Exemplo disso são os 72% dos entrevistados que admitem estar cientes dos crimes financeiros nas suas operações globais nos últimos 12 meses, com destaque para fraudes, lavagem de dinheiro, suborno e corrupção, evasão fiscal, roubo, crime cibernético e financiamento ao terrorismo, este último sendo citado por 42% dos entrevistados.

“Hoje, um dos principais desafios para coibir os crimes financeiros é a falta de regulamentação, mas estamos diante de mudanças, muitos países já estão fechando o cerco para coibir os crimes financeiros. Neste cenário, a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados, em agosto de 2020, pode impactar a luta contra os crimes financeiros e é um dos principais assuntos a serem discutidos no Brasil Risk Summit 2019”, diz Rodrigo Lopes, Diretor para soluções de risco na América Latina da Refinitiv.

O Brasil Risk Summit 2019 acontece no dia 06 de novembro, no Sheraton WTC, em São Paulo/SP, das 08h às 18h.

Programação completa do Brasil Risk Summit 2019:

08:00 — Welcome Coffee
08:30 — Abertura: Apresentação da Refinitiv e de suas soluções inovadoras para o mercado de Compliance e Risco com Rodrigo Lopes, Diretor Latam de Risk Management Solutions na Refinitiv.

09:00 — Acordos de Leniência: O que há de mais relevante a discutir
André Luiz de Almeida Mendonça — Ministro da AGU
João Carlos Figueiredo Cardoso — SCC -Secretaria de Combate à Corrupção — CGU
José Leonelio de Souza — Moderador

09:45 — Coffee Break

10:05 — Do we have a radical transformation in Compliance?
Tom Fox – Global Compliance Advisor
Isabel Franco — Moderadora

11:00 — Crimes Financeiros, Lavagem de Dinheiro, Tráfico Humano, Trabalho Escravo
Roberto C. Troncon Filho – Interpol Brasil – Polícia Federal
Christopher Snyder – Head of Financial Crime Threat Mitigation for Latin America — HSBC

11:55 — A nova regulamentação sobre Lavagem de Dinheiro e Financiamento do Terrorismo
Adalberto Felinto da Cruz Júnior – Secretário Executivo — Bacen
Ricardo Liao – Presidente da UIF (Unidade de Inteligência Financeira, antigo COAF)
Alexandre Pinheiro – Superintendente Geral da CVM
Rodrigo Lopes — Moderador

12:55 — Almoço

13:55 — Lei Geral de Proteção de Dados (13.853/19)
Marcel Leonardi – Advogado especialista em proteção de dados – Pinheiro Neto Advogados
Adam J. Rivera – Senior Counsel & Privacy Officer, Refinitiv
Miriam Wimmer – Ministério da Ciência e Tecnologia
Felipe Dal Belo — Moderador

14:45 — Compliance viável que traz valor e sustentabilidade para a instituição
Rogéria Gieremek – Head Compliance – Grupo Latam Airlines
Gilson Libório – Assessor Especial do Ministro da AGU
Ana Paula Candeloro – Diretora de Compliance RB Capital
Gonzalo Gómez de Liaño – Ministério Admin. Públicas — Espanha

15:45 — Coffee Break

16:00 — Ciência de dados e tecnologia para prevenção de crimes financeiros na era digital
Sandro Sinhorigno – Sup. Governança de PLD – Itaú
Anamaria Pimenta – Head de Compliance da XP Investimentos
José Gomes Fernandes – Diretor Seg. Corp. — Bradesco
Fabiana Marquezini – Mercado Livre
Celso Poltronieri — Moderador

17:00 — Relação entre ética e compliance
Luiz Felipe Pondé – Escritor, professor e filósofo
Angelo Calori — Moderador

18:00 — Encerramento
Adrian Owen Managing Director Latin America Refiniitiv

18:10 — Coquetel

Mais informações: http://www.refinitiv.com/pt/events/brasil-risk-summit-2019

Comments are closed