Eficiência operacional deve ser aplicada em organizações de qualquer setor: 4 dicas para aumentá-la

Produzir mais com menos recursos. Essa é a definição de eficiência operacional dentro de uma organização, e leva em conta a execução correta de processos e o controle de desperdícios. E pode ser aplicado em empresas privadas, órgãos governamentais e entidades filantrópicas.

Em 13 de junho, por exemplo, o Governo Federal anunciou uma parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com o Ministério da Saúde formando o BNDES Saúde, para promover um programa de financiamento das entidades que atuam no segmento e um dos braços será destinado justamente a melhorias de gestão, governança e eficiência operacional.

“A eficiência operacional significa, efetivamente, conseguir aproveitar os recursos alocados na geração de produtos e serviços da melhor forma possível, sem perder nada ao longo do caminho”, explica o diretor geral da People+Strategy – consultoria de Estratégia e Planejamento – João Roncati.

Para um líder de equipe ou empresário, segundo Roncati, a preocupação maior é dar atenção a duas tarefas: ser o exemplo no uso dos recursos e o espelho no aumento da eficiência operacional. “É necessário, ainda, perceber em qual cadeia de valor você e sua empresa estão inseridos, para que, de fato, isso se traduza em mais eficiência frente aos concorrentes ou dentro do segmento de atuação da organização”, detalha.

Vale lembrar que é fundamental que líderes e times avaliem a necessidade de automatização inteligente, ferramentas de otimização e plataformas de gestão e integração em alguns procedimentos para que a eficiência aumente. Essa definição pode ser feita com a consulta aos colaboradores, que devem estar totalmente envolvidos na busca pela eficiência. “São comportamentos assim que fazem total diferença no nível de eficiência operacional da instituição”, analisa Roncati.

Abaixo, 4 dicas para aumentar a eficiência operacional:

– Fique atento ao refinamento de métodos para que o dia a dia dentro da organização seja mais eficaz;

– Discuta atitudes e competências que a equipe deve ter para a eficiência ser parte do modus operandi da organização;

– Considere aperfeiçoar os processos e não tentar reduzir custos em um primeiro momento. Apenas descobrindo falhas e reestruturando o que há de errado é que você conseguirá evitar desperdícios de qualquer porte dentro da organização;

– Em empresas privadas, fique atento à produtividade da concorrência e do setor como um todo. Observe quais pontos de apoio eles usam para chegarem aos resultados desejados.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.