Com novo CEO, Extreme Digital Solutions aposta em novos mercados

A Extreme Digital Solutions (EDS), empresa brasileira integradora de soluções tecnológicas, anuncia a contratação de Gustavo Rabelo, ex-IBM e Oracle, como novo CEO. Com a chegada do novo executivo, quase um ano depois do início das conversas, o sócio fundador Márcio Moreira transfere o comando da empresa e assume a presidência do Conselho de Administração, recém-criado, para liderar o processo de expansão no mercado internacional. O sócio fundador Fábio Machado permanece no dia a dia dos negócios, como chefe das operações.

As mudanças na EDS, consideradas as mais significativas desde sua fundação em 2013, marcam o início de uma nova fase, fundamentada em um plano ambicioso de expansão – tanto no Brasil como nos países da América Latina e nos Estados Unidos. Além do mercado brasileiro, a empresa já possui clientes no estado americano da Flórida.

Dentre as principais missões do novo CEO destacam-se a tarefa de ampliar as parcerias com fabricantes de tecnologia e parceiros técnicos, além de diversificar o portfólio de clientes no setor público e iniciativa privada. A estratégia é fortalecer a capacidade da EDS de disputar a implementação de projetos de transformação digital em clientes que atendem, sobretudo, consumidores ávidos por uso de tecnologias como serviço, cada vez mais acessíveis a custos baixos. “Minha missão é buscar e crescer em mercados heterodoxos, romper fronteiras e tornar a EDS a maior referência nacional em transformação digital”, diz Rabelo. “Chegou a hora de planejar voos mais altos, por meio de crescimento orgânico e inorgânico, uma vez que a EDS possui estrutura para isso”.

Para alcançar os objetivos, Rabelo conta com 20 anos de experiência no mercado de TI – 14 anos na IBM e 6 na Oracle. Ele traz na bagagem liderança de importantes projetos, como o programa Smart Cities da IBM, que envolve o uso de tecnologia e soluções inovadoras para melhorar a infraestrutura urbana, aumentar a eficiência de serviços e promover o bem-estar da população. Formado em Tecnologia da Informação pelo Uniceub, tem MBA e especialização em Gestão Empresarial e de Negócios pela Fundação Dom Cabral e participou de programas de formação executiva na Harvard Business School, no IESE Business School, no Ross Business School, além do Singularity University.

Internacionalização

A contratação de Gustavo Rabelo também abre espaço para que o fundador Márcio Moreira passe a atuar de forma mais estratégica, sobretudo no processo de internacionalização da EDS. Segundo Moreira, há muitas oportunidades de negócios nos Estados Unidos, Caribe e América Latina. “Vamos priorizar regiões onde nossos principais parceiros de tecnologia não possuem atuação marcante ou onde é grande a carência de prestadores de serviços de qualidade, que entregam resultados com o nível de exigência esperado pelo cliente”, avalia Moreira. “Temos sido convidados por fabricantes para atuar como integradores de solução em outros países porque nossa visão é o foco no cliente, e a missão é o resultado”.

Para o empresário, o apetite para desbravar novos setores no Brasil e buscar espaço no mercado internacional tem por base a expansão acelerada em sua história. Nos seis anos de atuação, a EDS passou de três funcionários para um time de 250, com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. A contratação do Gustavo, ressalta Moreira, foi motivada pela sua capacidade de entrega e o compromisso com o cliente, características que marcaram a história da própria EDS. “Gustavo conhece a excelência do trabalho técnico da EDS. É um passo enorme trazer um executivo com sua experiência, o que demonstra que entraremos numa nova fase de investimentos. Sentimo-nos com uma musculatura robusta para executar esse movimento”.

Certificações

A EDS vem ganhando notoriedade no mercado pelo expressivo número de certificações obtidas nos últimos meses. Em julho deste ano, a empresa entrou pela segunda vez consecutiva no ranking das “Melhores Empresas para Trabalhar no Rio de Janeiro”, na 13ª posição na categoria “Médias Empresas”, segundo o GPTW, a maior autoridade global do mundo do trabalho. No mesmo mês, a empresa conquistou a CertiGov, uma certificação de processos éticos de vendas ao governo com maior credibilidade e transparência.

Em 2018, a empresa conquistou o certificado corporativo de qualidade em serviços MPT.Br (Melhoria do Processo de Teste), que assegura as melhores práticas no desenvolvimento de software com foco nos testes. No início de 2017, a EDS também recebeu a certificação internacional CMMI Dev ML 3 (sigla em inglês para Modelo de Maturidade em Capacitação e Integração Nível 3), um selo de melhores práticas para a maturidade de diferentes áreas de tecnologia, como Engenharia de Sistemas, Engenharia de Software, Desenvolvimento de Processo e Produtos, entre outros, validando o estágio de desenvolvimento dos processos e padronização da empresa.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.