ABES apoia programa de Startup da Prefeitura de São Paulo

A prefeitura de São Paulo divulgou, dia 27 de junho, durante a realização dos eventos MundoGeo Connect 2019 e Drone Show, o resultado final do concurso Hackatona GeoSampa 2019 que premiou Fernando Gomes com o projeto “Descobrindo e mapeando a diversidade tipomórfica em São Paulo: em busca da inteligência coletiva na cidade espontânea por intermédio do ‘BigData’ disponibilizado pelo GeoSampa”. O prêmio foi entregue ao vencedor por Rodolfo Fücher, presidente da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software), apoiadora do evento. “O evento, que foi desenhado a partir da integração dos principais pilares econômicos do Brasil, das tecnologias disruptivas e das geotecnologias, é essencial para fomentar o mercado de startups e dar visibilidade para projetos que impactam tão positivamente nossa sociedade”, comenta Fücher.

O Hackatona é uma maratona para desenvolvimento de ferramentas de análise, planejamento e gestão, aplicativos para a smartphones, tablets, entre outros, utilizando dados do GeoSampa – Portal de Informações Geográficas da Cidade de São Paulo. A aplicação vencedora dessa maratona será entregue para uso gratuito da população.

O concurso teve outros dois finalistas: Thomas Len Yuba desenvolveu o projeto “Modelo de distribuição de arquivos estáticos do GeoSampa” e Alexandre Sahade Goncalves apresentou o “Rios DesCobertos – O resgate das águas da cidade”. Os trabalhos inscritos tiveram o desafio de facilitar e qualificar a vida dos cidadãos da capital paulista e foram avaliados em cinco quesitos: Interesse público, Monitoramento participativo, Criatividade, Sustentabilidade e Qualidade técnica. Os três projetos foram premiados com cursos de especialização, startup mentoring, smartphones, tablets e computadores.

O evento, que durou três dias e também teve apoio da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT), reuniu gestores públicos, profissionais experientes e novos talentos na área de tecnologia e gestão da informação visando qualificar o debate para a proposição de soluções para uma cidade inteligente, aberta e conectada.

Estímulo ao mercado de startups

Entidade que representa, aproximadamente, 2 mil empresas no mercado de brasileiro de software, a ABES tem entre suas metas o apoio a startups. Recentemente, selou parceria com a IBI-TECH, empresa israelense com filial no Brasil, para apoiar o ingresso de startups israelenses no Mercado Brasileiro. “Estamos apostando também em parcerias internacionais para estimular o mercado de startups. No começo de junho, selamos uma parceria com a IBI-TECH (Israel Brasil Innovations LTD), empresa israelense com filial no Brasil, para apoiar o ingresso de startups israelenses no Mercado Brasileiro. Com mais de 30 anos de experiência na área jurídica, regulatória e tributária, a ABES pode auxiliar companhias estrangeiras que desejem operar no Brasil e também empresas iniciantes como as que víamos no Hacktona Geo Sampa”, afirma Fücher.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.