boostLAB, do BTG Pactual, abre inscrições para potencialização de startups em nível avançado

O BTG Pactual, maior banco de investimentos da América Latina, abre inscrições nesta semana para a quarta edição do boostLAB, programa de potencialização para startups em nível avançado, as chamadas scale-ups, com grande possibilidade de crescimento. O programa conta com mentoria e metodologia da ACE, uma dos maiores empresas de investimento em startups e inovação corporativa da América Latina.

Nessa edição, buscam principalmente iniciativas ligadas a fintechs, machine learning, real estate, big data, agrotechs, insurtechs, blockchain, entre outras. É importante que as scale-ups tenham ao menos dois sócios com dedicação exclusiva, produto pronto, tração e vendas recorrentes para resolver problemas reais de forma escalável. As empresas podem ter recebido aportes em nível Seed, Séries A ou posteriores.

“Em pouco mais de um ano de boostLAB, ajudamos na evolução e desenvolvimento de 20 startups, investimos em quatro delas, e fizemos negócios com quase todas. Além disso, fomos reconhecidos como o melhor centro de inovação da América Latina*”, afirma Frederico Pompeu, sócio do BTG Pactual responsável pelo boostLAB.

A quarta edição do boostLAB pretende superar a marca de 200 empresas inscritas alcançada no Batch anterior. Dentre elas, serão selecionadas de seis a oito para seguirem no programa durante cinco meses. As inscrições vão até 26 de julho e devem ser feitas pelo site: www.boostlab.com.br/. O boostLAB fica localizado em São Paulo, no WeWork Faria Lima.

“As primeiras edições do boostLAB foram um sucesso e pretendemos, cada vez mais, auxiliar esses negócios, com mentorias de excelência para suprir dificuldades, fortalecer qualidades e guiar as startups para o crescimento ainda mais acelerado”, diz Pedro Waengertner, CEO da ACE e mentor no boostLAB.

Incentivos para as startups

A iniciativa prevê a realização de parcerias e projetos piloto com o BTG Pactual, empresas parceiras, fornecedores e demais integrantes de seu ecossistema. As selecionadas recebem mais de R$ 300 mil em créditos e benefícios com empresas parceiras como Amazon, Google e Oracle, entre outras.

Um dos pontos de destaque do boostLAB é a proximidade com os sócios e diretores sêniores do BTG Pactual, que oferecem mentoria e dividem suas experiências por meio de um Conselho. Cada um dos oito envolvidos tem um papel fundamental na estrutura do programa e na melhor integração entre as startups e o Grupo. São eles: Frederico Pompeu – que tem dedicação exclusiva ao programa -, Renato Mazzola (Head do Private Equity), Gustavo Roxo (CTO), Marcelo Flora (Head do BTG Pactual Digital), José Vita (Membro do Comitê Executivo), Gabriel Motomura (lidera o negócio de crédito para PMEs), Mateus Carneiro (Head do RH) e André Alves (Head de Marketing).

As Scale-ups também contam com um time grande de mentores da ACE e do Google Launchpad, além dos conselhos de um time de executivos com grande destaque em suas áreas de atuação, como Stelleo Tolda (COO do Mercado Livre), Cláudio Galeazzi, grande referência em reestruturações de empresas no Brasil, e Sônia Hess, ex-CEO da Dudalina, eleita pela revista americana Forbes como a terceira mulher de negócios mais poderosa do Brasil. Quem acaba de se juntar ao time é Joel Rennó, CFO da OLX, empresa global de comércio eletrônico.

Foco em inovação

Na última semana, o BTG Pactual anunciou a criação de uma unidade full service de varejo que consolida suas iniciativas digitais nesse segmento. A unidade será liderada pelo sócio sênior do BTG Pactual Amos Genish, empreendedor bem sucedido, amplamente reconhecido pela sua experiência em tecnologia e inovação.

O objetivo da unidade é oferecer aos consumidores e empreendedores uma experiência bancária inovadora, transparente e completa. Isso engloba soluções de investimentos, conta corrente e banco transacional, serviços financeiros a PMEs, serviços bancários de crédito ao consumidor e plataforma de seguros e previdência. Essa oferta será feita por meio do BTG Pactual digital e também das participações no Banco Pan, Too Seguros e na BIT Pagg e BIT Seguros. A nova área englobará análise de dados, marketing de performance e user experience por meio de serviços prestados pela Decode. Sob o guarda-chuva da nova área, estará também o boostLAB.

“Com a criação da unidade digital liderada pelo Amos Genish, acredito que seremos capazes de ampliar e intensificar ainda mais o relacionamento com o ecossistema”, diz Pompeu.

* Prêmio The Innovators 2019, da Global Finance

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.