Transamerica Expo Center apresenta nova identidade visual e conceitual em festa tecnológica

Para celebrar seus 18 anos no mercado de feiras e eventos, o Transamerica Expo Center apresentou suas mais recentes mudanças no espaço localizado na Zona Sul de São Paulo, a 600 metros da estação de trem e metro. Reconhecido como um dos mais importantes e versáteis Centros de Convenções na América Latina, o Transamerica adota uma nova identidade visual e apresenta os resultados do retrofit iniciado em 2018. O evento contou com a história do espaço projetado nas paredes, usando a tecnologia de vídeo mapping e surpreendeu os convidados.

“Entendemos que era hora de oferecer um produto mais premium, mais nobre para nossos clientes. O objetivo é se desprender do conceito de um pavilhão de eventos que não oferece o glamour e suporte necessários para o que de fato oferecemos. Somos um espaço que conta com sete halls, que atuam de forma independente e podemos receber diversos eventos simultaneamente. Depois de muito estudo e trabalho ao longo de 18 anos, a marca atinge sua maioridade e se posiciona adotando de forma pioneira o conceito de halls”, explica Alexandre Marcilio, diretor-geral do Transamerica Expo Center.
A “casa” de eventos como Expo Revestir, Eletrolar Show e Arnold South America hoje possui infraestrutura diferenciada em termos de climatização e isolamento acústico que, por estes atributos, se destacam como verdadeiros halls.

“Investir em qualidade, tecnologia e conforto. Isso gera demanda e traz retorno. São Paulo é vocacionada para esse serviço e quanto mais tiver infraestrutura – como a que encontramos aqui no Transamerica -, mais e mais a prefeitura vai querer ser parceira e louvar investimento em iniciativas como essas que movimentam a economia local”, ressaltou o prefeito Bruno Covas (PSDB). Junto dele estavam Vinicius Lummertz (secretário estadual de turismo em São Paulo), Edson Caram (secretário municipal de Mobilidade e Transportes) e Orlando Faria (secretário municipal da Cidade de São Paulo).

Para se posicionar como espaço de eventos premium, o Transamerica recebeu investimentos de R$ 20 milhões. O retrofit na área de 40 mil m² incluiu a transformação da área externa central dos halls em boulevard com área verde, pergolados e quiosques, possibilitando a descompressão e tornando o ambiente mais agradável e estimulante e um verdadeiro espaço de convivência. Um grafite do artista Roberto Bieto emoldura a entrada dos visitantes, dando um ar contemporâneo.

No palco, o prefeito anunciou a assinatura de novos contratos de concessão de ônibus da cidade de São Paulo beneficiando a região do Transamerica. “Gostaria também de agradecer ao Transamerica que acredita na cidade de São Paulo e investe nesta metrópole que é vocacionada para o turismo de eventos. A cidade concentra 42% eventos do Brasil. Isso faz com que 8,8 milhões de pessoas por ano passem por eventos e movimentem mais de R$ 16 bilhões. É muito dinheiro. Esse investimento apresentado hoje, não beneficia apenas a diretoria do Transamerica, mas sim, toda São Paulo que ganha com geração de emprego e renda”, finalizou Covas.

Com uma agenda de eventos programados até 2025, a estratégia no novo momento passa também pela consolidação de seu trabalho como produtor de eventos. Atualmente, o Transamerica já conta com cinco congressos em seu portfólio, sendo dois já consolidados e reconhecidos: o Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA) e o Congresso de Desenvolvimento Profissional em Enfermagem (Condepe). Outros dois têm sua primeira edição em 2019 – Global Summit Telemedicine & Digital Health e Youth Agribusiness Movement International (Yami) -, além de um quinto projeto em fase de concepção, com agenda prevista para 2020.

NOVA IDENTIDADE VISUAL

Para acompanhar o novo momento, a logomarca também mudou. Marcilio ressalta que a identidade visual remete aos pilares do Transamerica – modernidade, atualidade, tecnologia, infraestrutura e serviços. “Nossa estrela se reveste de uma cor mais moderna que acompanha nosso conceito premium”.

HISTÓRIA

Com objetivo inicial de ser um lugar para treinamentos, reuniões e eventos pequenos, o Transamerica Expo Center foi inaugurado com três halls – A, B e C – em 2001. A primeira expansão aconteceu em 2006 com a criação de dois halls adicionais aumentando o espaço em 10 mil m². O hall E permitiu o conceito de modulação, ou seja, a possibilidade de dividir o espaço de forma heterogênea. A segunda intervenção aconteceu em 2012 estabelecendo a área locável em 40 mil m² e adicionando um estacionamento no subsolo para 500 carros. Em 2019, o Transamerica aplicou o conceito de retrofit e inclui um boulevard na recepção dos visitantes.

Marcado , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.