Pesquisa da Fujitsu aponta IA como ferramenta para equilibrar vida e trabalho nas empresas

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

O investimento em ferramentas modernas e softwares de última geração deixou de ser o principal foco das empresas: a estratégia agora está em como equilibrar essas tecnologias para reter os melhores talentos e trazer um equilíbrio entre vida e trabalho. É o que aponta o estudo Workplace 2025, realizado pela Fujitsu em parceria com a empresa de pesquisa Pierre Audoin Consultants (PAC).

A pesquisa, realizada no final de 2018 com funcionários de empresas de grande e médio porte na Bélgica, França, Alemanha, países Nórdicos, Espanha, Reino Unido e Irlanda, destaca os fatores essenciais para o crescimento da produtividade. Além disso, o estudo analisa os desafios enfrentados pelas empresas à medida em que evoluem. Nem todas as organizações possuem a cultura, as políticas ambientais e as tecnologias corretas para permitir que seus funcionários sejam eficazes ou para atrair talentos no futuro.

Uma dessas tecnologias transformadoras é a Inteligência Artificial, apontada pelos entrevistados como principal aliada para otimizar a produtividade e equilibrar o trabalho com a vida pessoal. Isso porque, segundo os respondentes, apesar de apresentarmos mais horas dedicadas ao trabalho, a produtividade está comprometida. A solução para ajudar neste processo é o acesso às ferramentas corretas (segundo 40% dos respondentes) e é fundamental para ajudar na produtividade e um ambiente de trabalho estimulante e saudável (49%).

De acordo com Robin Lipscomb, chefe de estratégia de serviços de tecnologia digital da Fujitsu EMEIA, o consumo de tecnologia nas empresas já se funde com as linhas do mundo corporativo e vidas pessoais. E a pesquisa da Fujitsu permite que pontos como estes sejam focos de atenção. “Quando reconhecemos a importância de colocar as pessoas em primeiro lugar e oferecemos as ferramentas corretas na realização de seus trabalhos, veremos vidas profissionais e privadas começando a se mesclar de maneira mais eficiente”, completa o executivo.

O estudo mostra que mais de 80% dos participantes acreditam que a IA, experimentada por meio de assistentes virtuais ou experiências de usuário personalizadas, tem efeito positivo no dia a dia na empresa. E não são apenas os funcionários nativos digitais que estão prontos, essa perspectiva positiva é compartilhada por trabalhadores iniciantes e experientes.

Empresas precisam se preparar para reter talentos

Ao mesmo tempo em que a concorrência por trabalhadores qualificados se intensifica, as empresas não conseguem atender às expectativas de seus colaboradores: Quase a metade de todos os funcionários entrevistados (46%) acredita que seu local de trabalho atual não tem um impacto positivo no recrutamento e retenção de pessoas com habilidades essenciais.

À medida que os profissionais trabalham por mais horas, buscam maneiras de obter equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Isso pode ser conseguido por meio de horários e práticas de trabalho flexíveis, onde mais da metade (53%) considera esse tópico “muito importante” em termos de aumento da produtividade.

Conforme a Inteligência Artificial, tecnologias de automação e processos robotizados são amplamente adotados pelas empresas, as pessoas esperam dos seus empregadores processos básicos, como atividades de integração e automatização de solicitações de serviços. As empresas que conseguirem atingir esse equilíbrio serão capazes de enfrentar os desafios da produtividade e ganharão a guerra por talentos, atraindo e retendo funcionários qualificados.

Num futuro próximo, a Fujitsu espera que os trabalhadores enfatizem mais a capacidade de combinar efetivamente a vida pessoal e profissional. Com abordagem centrada no ser humano, a Fujitsu está bem posicionada para fornecer os serviços, ecossistemas e tecnologias necessários para o local de trabalho moderno, pessoal e flexível. O relatório do estudo pode ser encontrado aqui.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.

  • Invista no valoragregado.com

    Invista no valoragregado.com