MIT elege CEO da Agrosmart como uma das jovens mais inovadoras da América Latina

MIT elege CEO da Agrosmart como uma das jovens mais inovadoras da América Latina

A CEO da Agrosmart, empresa de agricultura digital líder na América Latina, Mariana Vasconcelos, acaba de ser indicada pelo MIT Technology Review como uma das 35 jovens mais inovadoras da América Latina. A publicação tem como principal objetivo reconhecer as principais personalidades promissoras do mundo da tecnologia que impactam a sociedade e transformam a indústria no mundo.

A Agrosmart utiliza Inteligência Artificial e Internet das Coisas para ajudar o produtor rural nas tomadas de decisões na lavoura. Aplicando ciência de dados na cadeia agrícola com uma abordagem proprietária e única, a empresa baseia-se no material genético, tipo de solo e microclima para promover uma agricultura mais produtiva e resiliente ao clima. Por meio de recomendações permite o aumento da produtividade, a redução custos, economia de água, maior rastreabilidade, transparência de cadeia de suprimentos o que chamou a atenção da publicação.

“Esse reconhecimento representa o potencial de impacto da Agrosmart na cadeia de alimentos. Aplicamos a ciência de dados na agricultura com o objetivo de oferecer ferramentas de suporte a tomada de decisão para diferentes stakeholders da cadeia produtiva, desde pequenos agricultores à grandes grupos agrícolas e corporações. Acredito que o papel da tecnologia é essencial na busca de uma agricultura mais produtiva, sustentável e resiliente às mudanças climáticas”, explica Mariana.

Mariana já recebeu diversos prêmios ao longo da sua trajetória profissional, como o Prêmio Raça Forte, promovido pela Revista Globo Rural. A empreendedora também foi selecionada como uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio pela Revista Dinheiro Rural em 2017, foi considerada uma das 50 pessoas que mais impactam o mundo pela Kairos Society 50, além de ganhar um bolsa na Universidade da NASA, entre outros destaques e convites em eventos internacionais, como o Fórum Econômico Mundial.

Comments are closed