Identidade soberana e blockchain são temas de debate em São Paulo

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

Temas em crescente evidência – a gestão de identidade, o uso do blockchain e os criptoativos – despertam muita curiosidade, sobretudo por seu impacto na vida de muitos cidadãos. A Certisign, Autoridade Certificadora líder da América Latina e especialista em identidade digital, falou sobre esses assuntos durante o Fórum Blockmaster 2018, que aconteceu em São Paulo.

O evento, um dos principais encontros da área, reuniu especialistas nacionais e internacionais para comentar as novidades e oportunidades em torno desse segmento, que vem movimentando cifras cada vez maiores.

A diretora de Inovação em Produtos e Mercados da Certisign, Maria Teresa Aarão, ministrou, durante o evento, uma palestra abordando a validação adicional de assinatura em Blockchain e a Identidade Digital Certisign para Blockchain.

“A validação adicional em blockchain funciona como uma extensão das funcionalidades do Portal de Assinaturas compatível com as novas tecnologias, que já conta com milhares de indivíduos e empresas que o utilizam para assinaturas de laudos, diplomas, contratos e qualquer documento digital”, explica a diretora. O segundo produto, por sua vez, é uma evolução do remoteID, Certificado Digital em nuvem da Certisign que será lançado em breve. Essa solução permitirá a associação entre um certificado ICP-Brasil e uma ou mais chaves criptográficas e a associação de uma chave criptográfica Blockchain a uma identidade biométrica validada em uma base pública.

“Um exemplo prático do uso desta solução é quando uma Exchange (corretora de criptomoedas) cria uma conta para um cliente. Ao invés de fazer o processo de onboarding, em que solicitam-se múltiplas telas, selfies e documentos digitalizados, a Exchange poderá pedir aos interessados que apresentem suas identidades Certisign para Blockchain, na qual estas verificações já estarão registradas”, complementa a executiva.

A executiva participou também do painel “Securities: Desafios da segurança nas transações envolvendo criptomoedas”, no qual foram discutidos os crimes mais comuns nas relações P2P e no mercado financeiro, e como a tecnologia pode contribuir para prevenir esses eventos.

Na ocasião, Maria Teresa ressaltou também a importância do Blockchain para reforçar a segurança nessas operações, citando, ainda, o papel da educação para que cada vez mais pessoas atentem-se para fraudes e roubo de dados.

Em tempo: a assinatura digital é gerada a partir do uso do Certificado Digital ICP-Brasil, documento de identificação que garante a autenticidade das informações e adiciona valor jurídico às transações realizadas no meio eletrônico.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.

  • Invista no valoragregado.com

    Invista no valoragregado.com