• Translate to

    Arabic Arabic Chinese (Simplified) Chinese (Simplified) Dutch Dutch English English French French German German Italian Italian Portuguese Portuguese Russian Russian Spanish Spanish

Profissionais com deficiência buscam vagas de trabalho mais qualificadas

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

Os desafios que as pessoas com deficiência enfrentam diariamente são inúmeros. Isso inclui a entrada ou recolocação no mercado de trabalho e a satisfação com a atividade profissional desenvolvida. Com foco no Dia Nacional da Pessoa com Deficiência, comemorado em 11 de outubro, a Catho, por meio de uma pesquisa, buscou ouvir das pessoas com deficiência os gargalos para a satisfação na vida profissional. Segundo dados da pesquisa, 86% das pessoas com deficiência buscam por uma nova oportunidade no mercado de trabalho.

Os motivos estão ligados diretamente ao perfil da vaga, que muitas vezes estão aquém das qualificações do profissional. De acordo com o levantamento, 45% dos profissionais ouvidos reclamam dos salários baixos; 34% de falta de plano de carreira e 32% disseram que as vagas têm perfis operacionais, bem como o despreparo da empresa para receber um profissional com deficiência.

Qual é a principal dificuldade que você sente das empresas hoje?
Salários baixos 45%
Falta de plano de carreira 34%
Foco apenas em cargos operacionais 32%
Despreparo ao receber uma pessoa com deficiência 32%
Outros 21%
Falta de acessibilidade 15%

Com o propósito de incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho de forma mais rápida e justa, desde 2016, a Catho concedegratuidade no acesso a todas as vagas do site para profissionais com deficiência e reabilitados pelo INSS, a partir de laudo devidamente validado. Assim, eles podem se candidatar a todas as vagas que desejarem e não apenas as destinadas para profissionais com deficiência.

“A gratuidade do site da Catho é uma forma de mostrar que essas pessoas, acima de tudo, são profissionais com as mesmas qualidades ou carências de quaisquer outros e, portanto, do ponto de vista técnico, em condições de igualdade para disputar uma vaga de trabalho”, afirma o diretor de operações da Catho, Fernando Morette.

A pesquisa da Catho também foi ouvir dos profissionais com deficiência como eles procuram se qualificar. O resultado apontou que a qualificação profissional é buscada por 66% dos profissionais. Sendo que 56% procuram cursos rápidos, 41% uma graduação e 24% um curso técnico.

Quais cursos extras você realiza?
Cursos rápidos 56%
Graduação 41%
Técnico 24%
Especialização 23%
Idiomas 20%
Pós-graduação 18%

“Ou seja, as alegrias e dores de cada pessoa em relação à evolução da carreira são as mesmas. Com ou sem deficiência, os profissionais buscam vagas adequadas aos seus perfis e, para isso, se dedicam à sua formação por meio do estudo. E é nisso que a Catho investe e acredita”, finaliza Morette.

Atualmente, a plataforma gratuita da Catho possui mais de 17 mil currículos de profissionais com deficiência cadastrados.

102 Total Views 8 Views Today
Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO