Liga Ventures abre inscrições para 2º Ciclo do programa de aceleração Liga Emerging Technologies

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

Emerging Technologies ou tecnologias emergentes são inovações tecnológicas com potencial para mudar o mundo como conhecemos e devem transformar a sociedade e os negócios em pouco tempo. Segundo especialistas, essas inovações, como a internet das coisas, inteligência artificial e realidade aumentada serão essenciais nos próximos anos, chegando ao nível de importância que a internet tem hoje e, diante disso, devem dominar o mercado em, no máximo, 10 anos.

Para orientar os empreendedores que estão investindo no setor, a Liga Ventures – aceleradora focada em gerar negócios entre startups e grandes corporações – abre, em parceria com a bandeira de cartões Elo, inscrições para mais um ciclo do programa de aceleração voltado para as startups de tecnologias emergentes: a Liga Emerging Technologies, que abordará temas como Inteligência artificial e Machine Learning, Biometria e Identidade Digital, e-Wallets e Meios de Pagamento Inovadores, Interação Geolocalizada e Autenticação de identidade e documentos.

O programa estará com inscrições abertas até o dia 28 de Outubro.

De acordo com Rogério Tamassia, CEO da Liga Ventures, um dos grandes objetivos do programa é ajudar a criar um ecossistema que foque em compreender e antecipar a revolução que as Tecnologias Emergentes estão trazendo para diversos setores. “Para as startups, o programa ajuda a dar visibilidade, alavancar o negócio, expandir o networking e facilitar parcerias com grandes corporações. Já as empresas podem usufruir da agilidade e dinamismo das startups para dar uso prático a todas essas novas tecnologias e modelos de negócio que estão surgindo”, explica Tamassia.

As startups escolhidas participarão de um programa de 4 meses, onde receberão mentoria da aceleradora, além de networking e contato com profissionais de empresas parceiras, explorando novas sinergias e buscando oportunidades de negócios.

Conforme aponta Daniel Passarelli, superintendente de inovação da Elo, bandeira 100% brasileira que conta com Banco do Brasil, Bradesco e CAIXA como acionistas, projetos como este chegam para agregar ainda mais valor ao desenvolvimento de inovação da empresa.

“Nós acreditamos que a inovação precisa ser criada de forma horizontal, ao lado de empreendedores e startups que nos ajudarão a desenvolver soluções para oferecer melhorias à jornada dos nossos clientes. Por isso, a parceria com a Liga é muito bem-vinda”, explica Passarelli.

As inscrições podem ser feitas pelo site http://liga.ventures/emerging-tech. As startups serão avaliadas durante o último trimestre deste ano e o programa terá início em janeiro de 2019.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.

  • Invista no valoragregado.com

    Invista no valoragregado.com