Operadoras de telecomunicações demonstram como a conectividade beneficia a sociedade no Futurecom 2018

O espaço Telco Transformation na área de exposição da 20ª edição do Futurecom – maior e mais importante evento de tecnologia e telecomunicações da América Latina , que será realizado pela Informa Exhibitions entre 15 e 18 de outubro no São Paulo Expo, em São Paulo (SP) – será dedicado a demonstrações de soluções e produtos que as operadoras brasileiras consideram relevantes para os desafios da transformação digital, tema central do Congresso Futurecom que, além de contar com os presidentes de todas as operadoras, terá o Chief Data Officer do Grupo Telefónica, Chema Alonso, apresentando a estratégia mundial da empresa. Com expectativa de receber 18 mil visitantes & uacute;nicos neste ano, o Futurecom tem o objetivo principal de demonstrar como os recursos que a tecnologia e a conectividade – esta proporcionada pela infraestrutura das operadoras de telecomunicações – vão solucionar as demandas da sociedade daqui para frente, tanto do ponto de vista de negócios quanto na melhoria da qualidade de vida da população.

De acordo com Hermano Pinto, diretor de portfólio da Informa Exhibitions e responsável pelo Futurecom, as soluções tecnológicas, a Inteligência Artificial e a hiperconectividade disponíveis já são capazes de antecipar a resolução de problemas antes mesmo que eles existam. “No espaço Telco Transformation, inserido no centro do pavilhão de exposições do Futurecom, o visitante poderá conferir novas soluções e serviços que as operadoras de telecomunicações oferecerão a seus clientes, cada vez mais imersos em um ambiente disruptivo.” Telco Transformation terá demonstrações práticas da velocidade de conexão e das possibilidades da 5G.

“Nesta edição comemorativa de 20 anos, o Futurecom reflete agora o ecossistema de Transformação Digital que vai mostrar como blockchain, inteligência cognitiva e artificial, machine learning, realidade virtual e aumentada, cidades inteligentes, segurança de dados, big data e analytics proporcionam novas experiências que irão impactar as relações na Economia 4.0”, segundo Hermano Pinto. O evento está renovado pela sua organizadora, Informa Exhibitions, e terá espaços destinados a expor aplicações que envolvem diretamente a conectividade que depende da infraestrutura de conectividade. É o caso, por exemplo, da área que reserva demonstrações de Internet das Coisas ou o Espaço Redes – exposição de empresas com foco em redes, serviços, integração e fornecedores de infraestrutura e equipamentos auxiliares. Outra área é o Futuretech, um ambiente desenvolvido especialmente para mostrar as tecnologias que impulsionam a disrupção e a forma de fazer negócios. As startups, as aceleradoras e o meio acadêmico terão o espaço Inovação, contanto com um ambiente especialmente criado para ajudá-los em mentoria, dinâmicas, hackathons e busca de investidores.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.