Mais de 30 empresas disputam profissionais em evento na Digital House

Na próxima semana, o campus da Digital House, hub de educação para a formação de profissionais de alta performance para o mercado digital, será palco de um dia diferente de recrutamento. Mais de 30 empresas terão seu espaço no Recruiting Day, um dia que tem como objetivo fazer o match entre os formandos da escola e as companhias que buscam os melhores profissionais.

Nesse dia, serão ofertadas mais de 500 vagas para os formandos nos cursos de Marketing Digital, Desenvolvimento Mobile Android e Desenvolvimento Web Full Stack. O curioso é que o modelo será diferente: não serão os candidatos que disputarão as vagas, mas sim, as empresas que irão brigar pelos melhores profissionais. Gigantes da tecnologia como Movile, Revelo, GE, Guia Bolso e Youse farão uma apresentação para fisgar os formandos para suas equipes. Cada uma das empresas presentes terá uma mesa para receber e conversar com os candidatos.

De acordo com a consultoria americana IDC, existem cerca de 250 mil postos de trabalho para profissionais de tecnologia no Brasil, um setor que movimentou US$ 38 bilhões só em 2017. Ou seja: muitas empresas procurando e poucos profissionais qualificados. Andrea Tedesco, mentora de carreiras da Digital House, aponta que esse foi o motivo que inspirou a fundação da escola no país. “Vivemos em um mundo onde não só consultorias e fábricas de software contratam profissionais de tecnologia; agora todos, literalmente, buscam esses perfis para que seus negócios façam parte da chamada Transformação Digital”, aponta Tedesco.

A especialista esclarece, ainda, que essa inversão de papéis é um modelo que surge da necessidade das empresas em encontrarem pessoas alinhadas à cultura da organização e grande potencial de desenvolvimento. “Os impactos causados pela velocidade exponencial de mudanças no mercado de trabalho são, ao meu ver, um dos importantes pilares dessa inversão de papéis”, analisa.

O Recruiting Day acontecerá com frequência na Digital House, o que significa que ainda há chances para quem ainda está em busca de uma oportunidade para trabalhar no emprego dos sonhos. Todos os meses abrem novas turmas na Digital House, e os cursos duram cerca de cinco meses – prazo suficiente para formar analistas nas áreas de Desenvolvimento Web Full Stack, Desenvolvimento Mobile Android, Marketing Digital, Experiência do Usuário (UX), Gestão de Negócios Digitais, Data Science e Data Analytics. Além disso, a escola promove eventos, workshops e encontros gratuitos para ajudar a orientar quem ainda não sabe que carreira seguir. “Sabemos que o mundo da tecnologia é novo para muita gente, e por isso, abrimos nossas portas para ajudar quem deseja entrar nessa área”, pontua Andrea. Por fim, a especialista aponta que em sua maioria, os alunos da Digital House são profissionais iniciando ou fazendo a transição para uma carreira no digital, pois vêm encontrando no setor a possibilidade de uma carreira promissora.

Marcado , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.