Ferramenta oferece mapeamento gratuito de soluções para cidades inteligentes

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

O Connected Smart Cities Mapping é mais uma iniciativa do Connected Smart Cities, principal evento do setor no Brasil e que envolve empresas, entidades e governos para apresentar e debater ações com foco no desenvolvimento de uma cidade inteligente, mais conectada e humana. O principal objetivo do Mapa é que organizações possam compartilhar gratuitamente soluções em operação, além das alternativas em fase pré-operacional e, assim, gerar um banco de dados único, onde será possível qualquer cidadão, empresa ou governo acessar livremente as informações, independente da região do País.

O lançamento oficial do mapa georreferenciado colaborativo de dados abertos será durante o Evento Nacional – Connected Smart Cities, que será realizado nos dias 04 e 05 de setembro de 2018, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. No entanto, organizações da sociedade civil, poder público e setor privado já podem fazer a inscrição de soluções. Para participar, o responsável pela solução clica em ADICIONE SUA SOLUÇÃO (LINK: bit.ly/2vkuEcY) e preenche os itens do formulário. Posteriormente, a solução será analisada pelos administradores do Connected Smart Cities Mapping, que irão averiguar a veracidade das informações, e, quando aprovada, a iniciativa fará parte do mapa colaborativo georreferenciado.

O objetivo do Connected Smart Cities Mapping é mapear soluções dentro dos eixos temáticos: Economia, Educação, Empreendedorismo, Energia, Governança, Meio Ambiente, Mobilidade, Saúde, Segurança, Tecnologia e Inovação e Urbanismo. Tais temas são desenvolvidos dentro da plataforma e servem como base para o Ranking Connected Smart Cities, que destaca os indicadores de desenvolvimento das cidades brasileiras, e o Prêmio Connected Smart Cities, com foco em reconhecer e premiar negócios inovadores que colaborem para o desenvolvimento de uma cidade inteligente.

Paula Faria, Idealizadora do Connected Smart Cities, explica que o Mapping disponibilizará soluções inovadoras por meio de um software livre e “open source” para a coleta de informações. “Assim como já vem acontecendo em outros países e com outros segmentos, essa iniciativa vai contribuir com a disseminação de soluções inovadoras e qualificadas, sendo uma ferramenta de grande valia para quem oferece e, principalmente, para o interessado em adquirir tal solução. Dessa forma, teremos um banco de dados único que passa a oferecer, não apenas inspiração, mas as diversas possibilidades de implementação de projetos para o desenvolvimento de cidades inteligentes”, comenta.

Segundo a executiva, com o objetivo de destacar uma solução cadastrada na ferramenta, o Connected Smart Cities Mapping possui recursos para indicação de prêmios, certificações, reconhecimentos e validações do parceiro que utiliza a iniciativa. “As soluções cadastradas no mapa também servirão de parâmetro para destacarmos essas iniciativas junto às ações e premiações da plataforma Connected Smart Cities. Ressalto que o lançamento da ferramenta está inserido no propósito do nosso Manifesto, que destaca, na construção de cidades mais inteligentes, humanas e sustentáveis, os princípios de Integração; Inovação; Colaboração; Transparência; e Foco nas pessoas”, argumenta Paula Faria.

Connected Smart Cities | Evento Nacional

Data: 04 e 05 de setembro de 2018
Local: Centro de Convenções Frei Caneca, Rua Frei Caneca, 569, Consolação, São Paulo/SP
Mais Informações: www.connectedsmartcities.com.br

Marcado , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.

  • Invista no valoragregado.com

    Invista no valoragregado.com