Code Nation traz ao Brasil talk com profissionais do Netflix e Loadsmart sobre carreira de desenvolvedores

A empresa Code:Nation trouxe ao Brasil no último dia 15 de maio de 2018, seu primeiro talk focado na carreira de desenvolvedores. Como convidados do evento, estiveram Martin Spier do Netflix e João Bosco e Leonardo Werk da nova iorquina Loadsmart.

O bate-papo, que recebeu mais de 70 pessoas presencialmente em Florianópolis e 1.500 inscritas para assistir online, girou em torno das experiências dos convidados que os levaram a atingir um alto patamar de carreira, mesmo no início de suas jornadas.

Todos brasileiros e trabalhando para grandes empresas internacionais, Martin, Bosco e Werk aproveitaram a noite para conversar com os participantes e responder questões sobre início da carreira e boas práticas para se tornarem profissionais de qualidade internacional.

Martin Spier, Senior Performance Architect da Netflix (Vale do Silício) e ex-funcionário das americanas Dell e Expedia, destacou entre suas respostas a importância que a universidade teve em sua formação para ganhar a base necessária para entender os “bastidores da tecnologia”, tão importantes quando se trabalha principalmente com grandes projetos. Mas, para Martin, a aplicação da teoria na prática durante os estágios e a curiosidade pelo setor foram o grande diferencial que alavancaram sua jornada de desenvolvedor desde o início.

Leonardo Werk, Backend Engineer na norte americana Loadsmart, concordou. Para Werk – recém-graduado em Engenharia de Automação pela UFSC, que em menos de 1 ano de carreira já conquistou um cargo numa empresa estrangeira – a universidade lhe trouxe disciplina, respeito pela organização do trabalho e prazos – características importantes para quem trabalha com desenvolvimento. Além disso, outros fatores que Werk considera terem sido essenciais para sua rápida entrada no mercado, foram: ter feito diversos estágios, intercâmbio, ter participado do processo de aceleração da Code:Nation e ter incluído em sua rotina um processo de ambientação com o setor para aprender sobre ele e descobrir qual caminho gostaria de seguir.

Embora todos os convidados não julguem ser obrigatoriamente necessário possuir formação acadêmica para alguém ser um(a) grande profissional, todos veem a importância das experiências, aprendizados e conexões adquiridas durante este período.

Para quem está iniciando ou já tem uma carreira consolidada, os convidados foram enfáticos: o aprendizado constante é essencial no setor, assim como saber demonstrar sua jornada para possíveis empregadores.

Para manter-se atualizado, os convidados sugeriram criar uma rotina diária de atualização, incluindo livros, blogs, fóruns e podcasts no dia a dia, por exemplo, para ficar sempre no modo aprendizado. João Bosco, co-fundador da Chaordic que atualmente vive um novo desafio de sua carreira, atuando como CTO da norte americana Loadsmart, destacou que mesmo entre estudantes, ainda buscando seu caminho, é possível praticar isso no dia-a-dia: “Estude! Aprenda algo de fato. Durante a faculdade, não apenas passe na prova ou no trabalho de qualquer jeito. Ao longo prazo, ter estudado e realmente ter feito seu trabalho faz muita diferença. Te ajuda a aprender a estar constantemente no modo de aprendizado.”

Martin também deu uma dica que se aplica a desenvolvedores de todos os níveis: sempre que possível, tentar encaixar um projeto pessoal ou profissional relacionado ao que está aprendendo para fixar o aprendizado na prática. Àqueles que ainda não decidiram a tecnologia que desejam se especializar, Martin indica testarem todas o possível! Segundo ele, “não existe apenas uma tecnologia que você aprende e leva para o resto da vida. Tem que testar tudo e ver o que acha mais legal pra se aprofundar”.

Outra dica dada por Martin, esta para quem está iniciando a carreira, é seguir a mesma boa prática de profissionais já consolidados: a de contribuir com a comunidade de software livre. Segundo ele, esta é uma excelente forma de contribuir com algo grande, ajudar outras pessoas em prol de um objetivo maior e ainda usar a plataforma como ferramenta para ganhar experiência e mostrar seu talento à tantas empresas mundiais que usam as comunidades de software livre para encontrar e analisar candidatos.

Para os desenvolvedores com carreiras já consolidadas (ou até mesmo no início) que desejam se destacar durante os processos de entrevista de grandes empresas, Bosco e Martin foram claros: o que elas buscam são pessoas curiosas, que não se limitam ao que já foi aprendido – são motivadas a desafios e não precisam ser guiadas, mas têm flexibilidade para aprender novas coisas dentro da empresa e têm maturidade suficiente para isso.

Para se destacar, seja breve e saiba a importância de ter um perfil do LinkedIn atualizado (mostrando claramente sua trajetória) e tenha engajamento no Github – mais do que currículos, são nestes canais que empresas de tecnologia de todo mundo visualizarão a qualidade de seu trabalho e carreira que construiu e/ou busca construir.

O talk facilitado pela Code:Nation para o público de desenvolvedores também teve a intenção de lançar sua nova plataforma de aprendizado e especialização em linguagens de programação (tipo um Duolingo da tecnologia), que ao final conecta os participantes de bom desempenho com oportunidades em grandes empresas de tecnologia pelo mundo. Além de ser uma plataforma para devs em início de carreira experimentarem, através de aprendizado prático, novas tecnologias e se conectarem a oportunidades de emprego/estágio em grandes empresas (práticas importantes destacadas pelos convidados do talk), ainda permite que desenvolvedores com carreiras já em andamento, possam pivotar e/ou se destacar nas jornadas, também conectando-se com novas oportunidades de carreira.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.