Worldline, líder europeia em meios de pagamento, chega ao mercado brasileiro

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

Com a missão de fortalecer a dinâmica de uma sociedade sem dinheiro, a Worldline ingressa no mercado brasileiro de meios de pagamentos. A companhia é líder europeia no segmento de pagamento e serviços transacionais e amplia a sua atuação no Brasil com o objetivo de facilitar, conectar e proteger os pagamentos no e-commerce de forma eficiente permitindo com que seus clientes ofereçam aos consumidores experiências de compra online simples e segura em qualquer lugar e dispositivo.

No Brasil atua como processadora de pagamento (gateway) global ao conectar o varejista online (especialmente aqueles considerados tier 1) com os vários adquirentes locais. Além disso, possui estratégia de diferenciação bem definida: com alta capacidade de processamento industrial que permite movimentar bilhões de transações eletrônicas, a Worldline atua também como inteligência de negócios para seus clientes por meio de trabalho consultivo constante que permite alavancar performance do e-commerce a trazer resultados operacionais.

A atuação no País é resultado da aquisição da Digital River World Payments, empresa sueca de soluções para o comércio online de classe mundial, firmada no final de 2017 e que já conta em seu portfólio marcas globais do setor de produtos digitais, entretenimento, turismo e venda direta. “A empresa começa no mercado brasileiro, com a experiência de 45 anos no mercado Europeu o que proporciona sinergia tecnológica, eficiência, performance e segurança no processamento de pagamento de e-commerces nacionais que buscam uma atuação global e vice-versa”, explica Thais Fischberg, head Latino América para aceitação de pagamentos online da Worldline.

Sobre Worldline: líder europeia no setor de processamento de pagamento e serviços transacionais no e-commerce. Com 45 anos de experiência e presença em mais de 29 países, a Worldline cria e opera sistemas de pagamento transacional em tempo real para permitir que comerciantes, bancos, governos e outras organizações possam emitir, aceitar, liquidar e gerenciar todos os tipos de transações digitais com seus clientes além dos pagamentos como pedidos, compensação e liquidações, sinistros, bilhetes pré-pagos e prêmios de fidelidade.

Marcado , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Invista no valoragregado.com

    Invista no valoragregado.com