T-Systems multiplica por 15 adesão a cursos online

A T-Systems Brasil, provedora alemã com amplo portfólio de soluções digitais e serviços de TI, multiplicou por 15 o número de horas de treinamentos online de seus colaboradores. O salto ocorreu nos últimos dois anos, quando o total de horas em treinamentos online saltou de 1,8 mil (2015) para quase 30 mil (2017).

De acordo com o vice-presidente de Recursos Humanos da T-Systems Brasil, André Vieira, o crescimento é resultado do trabalho que a companhia vem fazendo para capacitar seus colaboradores nos conhecimentos e competências necessários para os profissionais do futuro. “Um trabalho intenso de pesquisa realizado pela T-Systems resultou em uma lista de conhecimentos que serão fundamentais no futuro. A partir daí, reforçamos a oferta de treinamentos nessas áreas”, explica.

A lista inclui áreas como digitalização, cloud computing, automatização, desenvolvimento de aplicativos móveis (IOS e Android), Big Data, governança, compliance e trabalho virtual (cultura da não-presença), entre outras. A partir dessa identificação, a T-Systems, disponibilizou em seu portal global de RH, o HR-Suite, a ferramenta Skillsoft, que oferece milhares de cursos, vídeos e livros.

“Cada funcionário recebeu uma licença de uso da ferramenta para uma plataforma de treinamento online com mais de oito mil cursos”, ressalta André. Para estimular ainda mais a busca por novas competências, a T-Systems Brasil criou um incentivo através de um objetivo corporativo chamado Cultura Digital, visando o aumento da utilização dos cursos online. Este objetivo vinculou ao um número de treinamento online ao bônus anual: quem fizesse até oito cursos garantiria 100% de atingimento, quem fizesse mais do que isso, poderia receber até 150% deste objetivo.

O esforço resultou em uma média de 16 cursos online realizados por cada um dos dois mil funcionários da companhia, com uma carga média de 20 horas. André ressalta que este incentivo ajudou a na mudança cultura de treinamento presencial para treinamento digital. “A empresa definiu uma meta para treinamento digital para os próximos anos, o que vai democratizar ainda mais a experiência de cada um com o aprendizado online”, diz.

Não por acaso, a expectativa do executivo é que, ao longo de 2018, o número de horas investidas em cursos online continue crescendo, ampliando ainda mais a participação dos funcionários no que ele chama de Cultura Digital. “No primeiro trimestre deste ano, por exemplo, teremos foco no treinamento em Design Thinking, que vai atender os profissionais que queiram inovar e reinventar sua forma de trabalho e fazer as mudanças necessárias para atender às demandas da era digital”, conclui.

Marcado , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.