• Translate to

    Arabic Arabic Chinese (Simplified) Chinese (Simplified) Dutch Dutch English English French French German German Italian Italian Portuguese Portuguese Russian Russian Spanish Spanish

Varejistas de material de construção desejam acelerar adoção de tecnologias inovadoras

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

A Riverbed Technology anuncia os resultados da sua pesquisa ‘Riverbed Retail Digital Transformation Survey 2018’, um estudo que aborda o status atual dos varejistas em geral e, mais especificamente, os de material de construção, e o que eles precisam para se manterem competitivos, prosperar e impulsionar as experiências de seus clientes finais.

A pesquisa global englobou 300 tomadores de decisão de TI do setor Varejo nos Estados Unidos, Austrália e Alemanha e revela que quase metade dos participantes diz que sua empresa precisará adotar novas tecnologias nos próximos três anos para evoluir e permanecer competitiva. Desse total, 98% dizem que a tecnologia de nuvem é fundamental para transformar a experiência de Varejo Digital. No entanto, mencionam as aplicações para acompanhar inventários e listas de compras como a tecnologia mais importante para atender a demanda do cliente. Também, 46% observam que sua empresa atualmente não usa tais aplicações – exigindo a adoção imediata de tecnologias baseadas na nuvem para prosperar.

Novas tecnologias precisam preencher o gap entre a realidade e o sucesso

Atualmente, os varejistas têm um gap entre o que eles querem ser e onde estão. Embora, reconheçam que as aplicações de varejo que suportam pessoal da loja são de extrema importância, 46% afirmam que suas empresas atualmente não possuem essas aplicações. Além disso, 58% dos tomadores de decisão do varejo não possuem tecnologias como, exemplo, pontos de venda móvel para que as equipes façam transações em tempo real com os clientes, tornando o processo de compra um ponto crítico.

Para as tecnologias voltadas aos clientes, esta diferença é ainda mais pronunciada, na qual os assistentes virtuais não são adotados pelos varejistas (74%) e 67% não oferecem notificações proativas para informar aos clientes sobre campanhas, promoções, ou recomendações enquanto estão na loja.

As tecnologias que são consideradas de maior prioridade para a evolução da experiência digital por parte dos varejistas em geral e, especificamente, de material de construção, para atender às necessidades e demandas futuras do cliente incluem:

– Aplicações de varejo para rastrear inventário (40%)
– Assistentes virtuais e compradores digitais (37%)
– Tecnologias para pontos de venda móveis (35%)
– Aplicações móveis com Realidade Aumentada (34%)
– Experiências personalizadas na loja com base nos dados de fidelidade do cliente (34%)
– Notificações proativas de campanhas e promoções em tempo real nas lojas (33%)
– Streaming on-demand de vídeo na loja (29%).
– Wi-Fi é chave para agregar valor ao negócio.

A conectividade Wi-Fi nas lojas de material de construção é fundamental para a implantação de serviços digitais e para aumentar a receita. Os funcionários, não importando onde eles estejam na loja, dependem do Wi-Fi para acessar os principais arquivos e aplicações para executar suas atividades; os clientes usam Wi-Fi convidado para acessar ofertas de marketing e ferramentas de compras on-line e aplicativos. Enquanto 99% informam que a empresa oferece Wi-Fi na loja, muitas vezes oferece uma experiência muito aquém da ideal aos clientes. Quando foi solicitada a descrição da qualidade e a velocidade do seu Wi-Fi na loja, mais da metade 58% observam que é rápido, mas que efetivamente não é de qualidade atraente ao cliente. Apenas o 19% descrevem o seu Wi-Fi tanto rápido como eficaz para atrair clientes. Para se manterem competitivos em 2018, os varejistas terão que repensar sua implementação de Wi-Fi.

O sucesso depende de uma experiência superior do cliente

Muitos varejistas tradicionais estão assumindo uma abordagem multicanal para melhorar a experiência do cliente – lançando canais de venda online, ampliando as vendas de itens de construção. Suas estratégias para melhorar a experiência do cliente possuem duas frentes: implantação rápida de aplicações inovadoras (53%) e fornecimento de uma ótima experiência de venda nas lojas (50%). Cerca de 49% dizem que o monitoramento e a adaptação em tempo real aos comportamentos de compras serão críticos, e 47% apontam que reunir informações sobre a satisfação dos clientes, como por meio de taxas de adoção ou tempos de resposta na loja, exigirão mais foco.

Tecnologia desempenhará um papel crítico no alcance de metas de 2018

Os resultados do estudo também revelam o impacto que a tecnologia de próxima geração tem no sucesso das iniciativas nas lojas. Da rede ao Wi-Fi ao monitoramento de aplicações, infraestrutura e tecnologias de Gerenciamento de Experiência Digital, os varejistas devem adotar uma abordagem multicanal e digital.

Nos próximos 12 meses, as áreas as quais os varejistas planejam investir para suportar uma transformação digital são:

– Capacidade de expansão das áreas (51%)
– Otimização do Wi-Fi na loja e a experiência do serviço móvel para funcionários e clientes (49%)
– Aquisição de ferramentas para monitorar os aplicativos do cliente, como taxas de uso ou experiência do usuário (48%)
– Garantir a conectividade e continuidade do ponto de venda nas lojas (47%)
– Entrega de novos serviços e aplicativos digitais para funcionários e clientes (47%)
– Aumento da produtividade para aplicações de mobilidade corporativa e em todos os dispositivos (45%)

A tecnologia de próxima geração da Riverbed ajuda aos varejistas a otimizarem seus canais off-line (lojas e pontos de venda) e on-line, o que permite a eles serem mais competitivos e obterem aumento de receita. Com a estratégia de tecnologia certa, os varejistas poderão oferecer uma experiência perfeita aos clientes, ao mesmo tempo em que reduzem os custos operacionais.

339 Total Views 1 Views Today
Marcado , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO