ZEN investe na automação do parque fabril com foco na Indústria 4.0

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

Com o pensamento sempre à frente, buscando atender ao mercado com cada vez mais qualidade e eficiência, a ZEN está se preparando para ingressar no mundo da Indústria 4.0, também chamada de Quarta Revolução Industrial, onde tudo funciona de forma conectada e integrada. Para isso, a fabricante de autopeças catarinense investiu, nos últimos quatro anos, cerca de R$ 40 milhões para a renovação do seu parque de máquinas. A ideia é aplicar R$ 36 milhões nos próximos três anos para aprimorar os seus processos de manufatura com a compra de novos equipamentos e na interligação e comunicação dessas tecnologias.

“Desde 2013, a ZEN passa por uma verdadeira transformação para encarar essa nova realidade. Na primeira etapa, que foi até 2015, nos organizamos para reduzir as instabilidades do processo produtivo. Do ano passado até agora, estamos promovendo uma verdadeira mudança no lay out da fábrica”, explica o diretor industrial, Eduardo Bertolini. “Tudo irá funcionar de acordo com o fluxo de materiais e fabricação das peças. A sequência seguirá uma lógica que permitirá que a produção seja mais rápida e eficiente. Nosso plano diretor prevê que a reorganização da unidade esteja concluída até 2020”, completa.

Hoje, a empresa conta com dez robôs que podem trabalhar conectados, já preparados para serem integrados e se comunicarem. Também foram feitos investimentos em sistemas automáticos de montagem com dispositivos autônomos de identificação de falhas, que se comunicam com o cérebro da máquina, garantindo informações e estatísticas do processo. Estas tecnologias foram implantadas nos processos de conformação, usinagem e retífica e nas linhas de montagem de impulsores de partida e polias para o mercado original.

Nestes dois últimos setores, os equipamentos são capazes de identificar as dimensões da peça e checar se houve falta ou troca de componentes. Caso tenha ocorrido uma falha, esse item é segregado para que não chegue ao cliente. “Todos os dados são armazenados num banco que nos permite rastrear todo o processo e agir preventivamente para evitar desvios de produção”, afirma o executivo.

De acordo com Bertolini, a modernização da fábrica, aliada ao Sistema Lean, já está trazendo resultados positivos: a produtividade aumentou em 45% nos últimos quatro anos e o índice de satisfação do cliente, que era de 77% em 2013, saltou para os atuais 94%. Além disso, nesse mesmo período os problemas com a não qualidade caíram de 5% para 0,9% e o On Time In Full (indicador que monitora a performance de entrega dos produtos) é de 100% no mercado original. “Isso quer dizer que entregamos os pedidos no tempo certo e na quantidade correta”, explica o diretor industrial.

Dentro de casa

Ao mesmo tempo em que investe na modernização das máquinas, a ZEN dá atenção especial ao treinamento e capacitação profissional de seus colaboradores para prepará-los a atender às novas exigências do mercado e atuarem dentro do conceito de manufatura avançada. Recentemente, um grupo de profissionais de diversas áreas, como Engenharia, Logística e Manutenção, passou por um treinamento sobre Manufatura 4.0 – o segundo curso já está em fase de planejamento.

Além disso, há dois anos a empresa criou um laboratório eletrônico onde as equipes de Tecnologia da Informação e Manutenção desenvolvem um sistema de software interligado a sensores para que as máquinas se comuniquem informando, por exemplo, o ritmo ou uma parada de produção. “Ainda este ano, pretendemos lançar um projeto piloto para testar o funcionamento dessa ferramenta, que irá garantir que os equipamentos emitam informações em tempo real, propiciando melhores tomadas de decisões”, diz Bertolini.

Sobre a ZEN

772 Total Views 1 Views Today
Marcado , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO
  • Receba nossas notícias