E-commerce brasileiro aponta deflação no mês de junho

view (6)

De acordo com o índice e-flation, produzido pelo IBEVAR/PROVAR, o índice geral sofreu queda em junho de 2017 em relação a maio do mesmo ano.

O estudo apurou que a inflação na internet no mês de junho foi -1,07%. No acumulado dos últimos doze meses, observa-se que houve queda de 0,37 pontos percentuais em relação ao mês anterior. Se confrontado com o mesmo período do ano de 2016, a queda chega a 14,22 pontos percentuais.

Já no acumulado do ano, a inflação foi de -0,19% (representando queda de 1,08 p.p. em relação ao acumulado do mês passado e queda de 7,61 p.p. em relação ao mesmo período do ano anterior.

Cinco categorias entraram na lista da deflação de junho, são elas: ‘Eletrodomésticos’ (-1,97%), ‘CD´s e DVD´s’ (-3,63%), ‘Livros’ (-3,35%), ‘Perfumaria e Cosméticos’ (-5,00%) e ‘Eletroeletrônicos’ (-5,76%).

Outros cinco grupos que obtiveram inflação mensal foram: ‘Cine e Foto’ (9,56%), ‘Brinquedos’ (1,71%), ‘Informática’ (0,83%), ‘Medicamentos’ (1,87%) e ‘Telefonia e Celulares’ (2,13%).

O processo de elaboração do índice inicia-se a partir da definição dos produtos que comporão cada cesta. Para tanto, são verificados os itens mais vendidos de cada categoria (os “campeões de venda” dos varejistas analisados). Já a escolha das lojas virtuais é baseada nas preferências dos internautas, conforme apurado nas pesquisas de Intenção de Compra na Internet (em conjunto com PROVAR e E-bit).

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.