O que é OverCapture? – Por Por Daniel Sherer

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

unnamed

Todo vídeo tem a sua história. Sua montagem, ação e assuntos. Como um criador de conteúdo, é o meu trabalho coreografar a experiência de quem está assistindo, guiá-los para verem o que eu quero que vejam, escutar o que eu quero que escutem e fazê-los se sentirem emocionalmente conectados à história. Vídeos imersivos são a nova fronteira no processo de criação de conteúdo. Assim, o time do GoPro Studio (ou o time de mídia da GoPro) que usa nossos equipamentos para contar histórias únicas, está muito animado com a Fusion, câmera esférica top de linha que o time de produtos criou. Somos nossos próprios clientes e não vemos a hora de colocarmos nossas mãos nesse produto. Nosso preview recente tocou em um ponto que acreditamos ser o próximo passo nessa tecnologia: o OverCapture.

Qualquer criador de conteúdo vai dizer que existem muitos componentes que contribuem para se contar uma boa história, mas o mais importante é conseguir a tomada certa. Pense em um momento perfeito para se filmar, mas você deixou a câmera apontando para a direção errada. Com a habilidade da Fusion de capturar tudo em sua volta, podemos capturar o momento em todas as direções de um único ponto. Por isso nos referimos ao “OverCapture”.

É mais do que apenas a habilidade de capturar conteúdo de todos os ângulos, a solução também apresenta mais possibilidades do que se fazer com o conteúdo uma vez filmado. Usuários têm a flexibilidade na pós-produção de usar todo o arquivo esférico e encontrar a tomada perfeita e extraí-la em 1080p “tradicional”. Chamamos esse processo de re-framing e a resolução 5.2K da Fusion é o que torna possível essa extração em HD da realidade capturada. Imagine nunca mais se preocupar em apontar a câmera para o lugar certo… nunca mais. O OverCapture não apenas garante que você sempre consiga a imagem, mas também traz o poder da escolha de qual enquadramento é mais importante depois da captura.

Com a Fusion, não precisamos mais utilizar várias câmeras para conseguir exatamente o que esperamos, temos mais eficiência e flexibilidade no nosso storytelling. Não estamos mais limitados à nossa habilidade de antecipar onde a ação central acontecerá.

Nosso time está realmente animado com todas essas possibilidades e todas as ideias que serão criadas a partir da experiência dos nossos parceiros no programa piloto e toda a comunidade GoPro quando a Fusion chegar até eles – essas serão as pessoas que desencadearão todo o potencial da GoPro e seu ecossistema.

Ele e as técnicas de captura 360 ainda estão sendo definidas. O mais legal disso é que a Fusion não só tornará tudo mais acessível, mas também apresenta mais possibilidades para o conteúdo tradicional. Seja criado para dispositivos VR ou para telas planas, as possibilidades são infinitas… e estou animado demais em fazer parte disso.

A GoPro planeja levar algumas unidades ao mercado no final de 2017. Informações como preço e outras especificações serão providenciadas no lançamento.

Àqueles interessados em participar do programa piloto podem se inscrever agora em GoPro.com/Fusion.

Daniel Sherer, Diretor Criativo Associado da GoPro

Marcado , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.