Fintech brasileira MUXI recebe investimento para acelerar crescimento em sua operação global

Fintech brasileira MUXI recebe investimento para acelerar crescimento em sua operação global

Fintech líder em ofertas de plataformas para o mercado de meios de pagamento na América Latina, a MUXI iniciou o programa de aporte de seu novo acionista, a Confrapar, umas das principais gestoras brasileiras de fundos de investimento no setor de tecnologia. O valor do investimento pode chegar até R$ 16 milhões em curto prazo.

Frente a um cenário promissor para o setor de fintechs no mundo, que recebeu investimentos de US$ 15 bilhões em 2015, o aporte de capital da Confrapar tem o intuito de incrementar ainda mais o portfólio de produtos da MUXI, que já engloba soluções para toda a cadeia de pagamentos, reforçando sua presença junto aos principais players do mercado, além de expandir as operações para os Estados Unidos.

“Nosso objetivo é adicionar novos perfis de clientes em nossa carteira, entre eles bandeiras, emissores de cartões, adquirentes e sub-adquirentes”, afirma Eduardo Rocha – ex-KiiK e Ber Capital – novo CEO trazido para liderar o processo de expansão e consolidação dos produtos da operação brasileira. Atualmente, a companhia possui mais de 130 colaboradores, entre engenheiros e desenvolvedores de negócios, e sua tecnologia está presente em mais de 3 milhões de dispositivos (terminais POS, m-POS, tablets e smartphones), garantindo o gerenciamento e conexão com qualquer plataforma transacional.

Além do Brasil e EUA, a empresa já possui operações e carteira de clientes em países como México, Peru, Venezuela e Colômbia. Para expandir a presença no mercado mundial, a MUXI garantiu contratações de peso em sua alta liderança. Paulo Guzzo, ex-vice-presidente de operações da Cielo, assumiu o cargo de CEO global da companhia. Já para o comando da MUXI no mercado norte-americano foi contratado Edward Myers, ex-CEO de uma das unidades mais importantes da Global Payments. “A ideia é aproveitar a liderança da MUXI com toda sua tecnologia e conhecimento desenvolvidos no mercado brasileiro, que está 15 anos a frente dos EUA em termos de adoção do padrão EMV – o uso de cartões com chip. Em 2015, segundo os últimos dados da EMV Co, 71% dos cartões e terminais já estavam preparados para a nova tecnologia na América Latina. Já no mercado norte-americano esse número é apenas 26%”, pontua Paulo Guzzo.

A empresa se prepara para consolidar ainda mais sua posição de vanguarda no mercado de meios de pagamento em 2017. Uma nova solução, que emula o terminal POS em qualquer dispositivo móvel do cliente, encontra-se em testes finais. Patenteado nos Estados Unidos e com o nome comercial de muxiWAY, o produto será lançado no mercado mundial ao longo do segundo semestre.

Atualmente, a principal tecnologia da companhia é o POSWEB®, revolucionário protocolo de internet que interage com os sistemas nativos de mais de 100 diferentes marcas e modelos de terminais POS e dispositivos. Outros produtos da empresa oferecem, ainda, gestão de aplicações e pagamentos multicanal, permitindo o controle de transações eletrônicas de forma ágil e segura, além de possibilitar a diminuição de custos operacionais na captura eletrônica e processamento.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.