Aplicativo de veículos seminovos aposta na fidelização entre revendedor e lojista

Aplicativo de veículos seminovos aposta na fidelização entre revendedor e lojista

obj_strip_82639_1_full

Quando se pensa em veículo usado, a primeira preocupação dos compradores é com o estado do veículo, e de como ele chegará ao cliente final. Várias concessionárias abrem a possibilidade de vendas pelo site, porém, sem muitos detalhes do que o comprador deseja. Pensando nisso, o empresário Fernando Ewerton, criou o Clube Repasse, startup que reúne concessionárias do ramo de veículos seminovos pelo país, facilitando o acesso entre vendedor e lojista. Com quatro meses e meio de funcionamento, o app reúne mais de 5 mil lojas e concessionárias no Brasil, com a expectativa de movimentar R$ 20 milhões/dia até o meio do ano, com funcionamento entre empresas do ramo de automóveis. O intuito é vender mais carros e obter lucros de forma confiável, aproximando as lojas de carros novos, que recebem usados como entrada nos negócios, e as revendedoras de veículos semi-novos. Atualmente, a startup já bateu a marca de 5 mil associados, tendo em média, 60 novos cadastros a cada dia.

Quem está por trás dessa ideia é o brasiliense Fernando Ewerton, 29, que enxergou na crise o momento para projetar o negócio. E a internet foi a plataforma para simplificar as transações comerciais e dar ainda mais poder aos clientes. Filho de um proprietário de concessionária de veículos importados que funciona há 25 anos no DF, o empresário adquiriu o know-how com o pai e enxergou no difícil momento econômico uma chance de projetar sua ideia. Criou o aplicativo para celulares de repasse de automóveis. Já em funcionamento, une os donos de concessionárias aos revendedores de carros seminovos. Funciona da seguinte maneira:os revendedores de veículos de carros seminovos fazem a aquisição diretamente aos lojistas de repasses por meio do aplicativo, de acordo com a demanda, solicitando quantas unidades forem necessárias. Assim que o negócio é concretizado, as lojas cadastradas no repasse fazem a entrega diretamente aos revendedores de seminovos, de acordo com a demanda e a disponibilidade do veículo, e as revendedoras vendem os veículos comprados nos repasses para o cliente final.

“O cliente que nos procurava sempre colocava um veículo usado na compra de um zero. No entanto, nosso negócio é exclusivo de venda de carros novos e os carros utilizados na transação acabavam sendo uma dor de cabeça para nós. Daí tive essa ideia”, explica Ewerton, que conta com o irmão para tocar o negócio. Para se cadastrar, o usuário precisa ter um CNPJ ligado a comércio de veículos. Isso tudo para dar mais segurança aos usuários, já que os carros que são comercializados dentro do aplicativo são todos abaixo do valor que são vendidos para o cliente final. Acessando o aplicativo ou a plataforma pela web, o associado tem acesso a um relatório completo de todos seus repasses cadastrados, credibilidade (pontuação) e ainda a data, hora e ligações de pessoas interessadas nos veículos. Além disso, a plataforma não possui cobrança de comissão por negócios realizados.

Clube de vantagens

Para os associados, há também descontos exclusivos, o que inclui vantagens em alguns dos serviços, como indicações para revisão veicular, consultas de leilão, transportes de veículos entre outras atividades.

Resultados

E os primeiros lojistas já comemoram um aumento no número das vendas. “A grande vantagem que tivemos foi a possibilidade de lincar com vários clientes em lojas espalhadas pelo país. Caso o modelo não tenha na minha loja, por exemplo, ele pode conferir em outras, mantendo o contato direto entre comprador e vendedor”, diz Paulo Osielski, sócio proprietário de uma das maiores empresas de repasse em Manaus. Para ele, o investidor passa a ter as fontes de compras do país inteiro, desde que o carro possa ser entregue conforme o prometido, além da fidelização do trabalho. Opinião semelhante tem Tiago, diretor de uma rede de concessionárias em Santa Catarina, que traz ainda como um dos benefícios a possibilidade de o lojista não ter que ficar olhando vários sites de frente para o computador, tendo tudo reunido em um só local. “Ficou mais fácil conseguir o contato com o lojista”, diz o empresário.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.