Programa MGTI-Stanford rumo ao Vale do Silício

Programa MGTI-Stanford rumo ao Vale do Silício

A segunda turma do Programa de Inovação e Empreendedorismo da Fumsoft-MGTI com o Centro de Desenvolvimento Profissional da Universidade de Stanford está prestes a decolar. Os 40 passageiros de 23 empresas já confirmaram seus tickets, estão de malas prontas e se acomodando em seus lugares. Agora em 2016 teremos participantes de cinco cidades de quatro estados, Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul, o que demonstra o crescimento do programa em relação a sua edição de 2014, que teve predomínio mineiro entre os inscritos.

Serão novos 40 empreendedores brasileiros que desenvolverão e apresentarão seus projetos inovadores para avaliação dos professores de Stanford, empresários e investidores do Vale do Silício. O programa MGTI-Stanford em 2016 conta com a participação de empresas de base tecnológica de vários segmentos e grau de maturidade bastante diversos, contando inclusive com a participação da gigante nacional TOTVS. Todos os participantes compartilharão um objetivo principal: inovar com sucesso! Além do que será visto e aprendido com a melhor universidade dos Estados Unidos, segundo a revista Forbes, o network empresarial gerado é de valor inestimável para todos os participantes do programa.

A agenda deste ano traz webinars ao vivo em 28 de setembro, 11 e 26 de outubro; um curso online entre 29 de setembro e 28 de outubro; e o ponto alto do programa, a aguardada semana presencial no Centro de Desenvolvimento Profissional de Stanford, de 31 de outubro a 04 de novembro. Além de fomentar uma nova mentalidade inovadora em produtos e serviços de tecnologia, os professores de Stanford possuem grande experiência e visão de negócios, pois muitos empreendedores em série e empresários de sucesso. Todo o currículo é pensado para levar os participantes a um patamar acima do atual em seus negócios, com uma renovada visão sobre como criar e inserir produtos no mercado, com foco na solução das dores dos clientes e na sustentabilidade desses produtos. Como mostra a lista de inscritos, até mesmo empresas maduras e de reconhecido sucesso enxergam os benefícios de participar do programa.

Estas são as empresas da turma de 2016 do Programa MGTI-Stanford:

CRM Educacional, Belo Horizonte/MG; Méliuz, Belo Horizonte/MG; Take.net, Belo Horizonte/MG; Polifrete, Uberlândia/MG Contamobi, Belo Horizonte/MG; Concert, Belo Horizonte/MG; Prime Systems, Belo Horizonte/MG; Enacom, Belo Horizonte/MG; GDAX, Belo Horizonte/MG; Samba Tech, Belo Horizonte/MG; FH, Curitiba/PR; Lavemcasa, Belo Horizonte/MG; Tekann Tecnologia da Informação, Santa Cruz do Sul/RS; Gassend, Belo Horizonte/MG; Fastdezine São Paulo/SP; Hometeka do Brasil, Belo Horizonte/MG; Compass 3D, Belo Horizonte/MG; Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais, SINDINFOR, Belo Horizonte/MG; RCI, Porto Alegre/RS; Dito, Belo Horizonte/MG; Hekima/Zahpee, Belo Horizonte/MG; Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais, Fapemig, Belo Horizonte/MG; Totvs, Regional Minas Gerais, Belo Horizonte/MG.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.