Positivo Informática Tecnologia Educacional apresenta temas e parceiros do projeto Oficinas do Texto 2016

Positivo Informática Tecnologia Educacional apresenta temas e parceiros do projeto Oficinas do Texto 2016

view.aspx

O projeto Oficinas do Texto, um dos maiores sucessos do Educacional e um dos exemplos mais bem sucedidos da aplicação da tecnologia na educação, já está no ar e, neste ano, com uma novidade: vídeos convites (https://youtu.be/Hbe6nYJcVAY, https://youtu.be/tk-Iq6loEdo https://youtu.be/JjBZ8e3sajI) gravados pelos autores parceiros do projeto e traduzidos por um intérprete da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

“Incluir a mensagem em LIBRAS nos vídeos convidando os alunos para participarem da Oficina foi a forma que encontramos de mobilizar também aqueles com deficiência auditiva para esse projeto que é um grande sucesso. Queremos que eles também participem dessa iniciativa e escrevam uma obra em coautoria com personalidades da literatura brasileira”, diz Patrícia Sprada Barbosa, ‎Coordenadora Pedagógica do Educacional, conjunto de tecnologias educacionais para a sala de aula desenvolvido pela Positivo Informática Tecnologia Educacional. Patrícia lembra, ainda, que o convite em vídeo e com a intérprete de LIBRAS acaba mostrando também uma outra forma de comunicação e despertando em todos os alunos o interesse e o conhecimento sobre a linguagem de sinais.

A Oficina do Texto existe desde 2000 e, este ano, os parceiros são o cartunista e consagrado autor da literatura infantojuvenil Ziraldo, o escritor Ilan Brenman, que entre outros sucessos escreveu “Até as princesas soltam pum”, e o ilustrador Daniel Cabral.

Além de livros, o projeto Oficinas do Texto 2016 também prevê a criação de um jornal. O jornal é apresentado com suas habituais seções – cultura, esportes, economia, humor etc., mas o aluno pode alterar tudo, inclusive os títulos de cada uma delas. “Além de criar o conteúdo, cada matéria do jornal pode ser ilustrada com imagens obtidas em um grande banco, dividido em diferentes categorias, criado para essa Oficina do Texto pela equipe do Educacional, informa Patricia.

O projeto Oficinas do Texto também possibilita que o aluno grave um áudio com a história que criou e que depois pode ser ouvido em tablets e smartphones por meio de um QR Code.

Conheça um pouco mais sobre as propostas de 2016:

Deixa eu contar um sonho: o tema desafia os alunos para escreverem sobre um sonho inventado, a partir de uma série de imagens criadas por Ziraldo. As histórias podem ser escritas em português, inglês ou espanhol.

A caverna encantada: o projeto vai mexer com a imaginação dos estudantes, que se aventuram em uma caverna encantada ao lado de Lúcio, um guia munido de um lampião a gás. O parceiro, neste caso, é o renomado escritor infantil Ilan Brenman.

O sonho de Pierre: no ano em que o Rio de Janeiro recebe as Olimpíadas, essa Oficina do Texto apresenta um personagem que foi o grande responsável pelo renascimento desse grande evento, o Barão Pierre de Coubertin. O cenário da história é a cidade de Paris no final do Século XIX, e apresenta o ainda jovem Pierre no momento em que vai conhecer a obra fantástica de outro grande sonhador, o escritor Júlio Verne, considerado o pai da ficção científica. Júlio, com sua obra visionária, irá inspirar Pierre a uma incrível viagem. O parceiro nesta Oficina é o ilustrador Daniel Cabral.

Uma viagem no Tempo: em formato de jornal, essa oficina pode transformar a sala de aula na redação de um jornal que relata uma viagem no tempo e no espaço. Os alunos escolhem um destino e narram os acontecimentos como se estivessem presentes nos mais variados locais e épocas. Cultura, esportes, economia e humor são apenas algumas das seções para as quais os estudantes poderão produzir textos criativos e ilustrá-los com imagens do grande acervo próprio dessa ferramenta, que podem ser referentes a temas atuais ou de épocas passadas, ou, ainda, pertencentes a um futuro distante.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.