Empreendedores com iniciativas inovadoras disputam vagas no Brazil Lab 2016

281c46e7-36d8-4807-8f4a-3c73482e7353

Continuam abertas as inscrições para a primeira edição do Brazil Lab, programa de apoio para inovação no setor público que tem como objetivo acelerar ideias e conectar empreendedores com o poder público. Nesta edição, foram escolhidos desafios em três temas prioritários: Saúde, Educação e Sustentabilidade Ambiental. O programa selecionará até dez iniciativas de empreendedorismo dentro dos segmentos e os projetos selecionados receberão seis meses de mentoria especializada. Após essa fase, três finalistas serão escolhidos e o vencedor receberá como prêmio um investimento de U$ 5.000 para dar início a implementação de sua ideia. As inscrições seguem até esta sexta-feira, 10 de junho.

Entre as startups já inscritas para disputar uma vaga no programa, estão TagFit, Palotec e Mitsidi, cada uma representando um dos eixos temáticos propostos pelo programa.

A TagFit, primeira rede social brasileira focada em saúde e qualidade de vida, é uma das grandes promessas do programa na área de Saúde. A empresa trabalha diretamente para a redução de doenças crônicas de forma eficaz e com baixo custo. A plataforma, disponível em formato de aplicativo para Android, conta com profissionais da área de saúde que acompanham 24h por dia, através das fotos postadas, os hábitos dos usuários. Dessa forma é possível que dicas e orientações personalizadas sejam oferecidas constantemente, o que ajuda na adoção de hábitos mais saudáveis, como uma alimentação mais equilibrada e maior frequência de exercícios físicos. A ideia é que os usuários sejam motivados por profissionais e por outras pessoas na mesma situação a focar e buscar os resultados desejados, com diminuição de peso e ganho de saúde. O aplicativo está disponível gratuitamente para download na Play Store e já possui mais de 10 mil usuários ativos.

Já a Palotec é um dos exemplos do setor de Educação. Trata-se de uma plataforma de conexão para crianças, pais e profissionais de creches e escolas públicas que tem como intuito auxiliar o desenvolvimento pedagógico e social e, ainda, ajudar o poder público a gerar conhecimentos relacionados ao comportamento infantil. A Mitsidi concorre a uma vaga na área de Sustentabilidade Ambiental apresentando soluções evolutivas nas áreas de construção civil e energia. O produto da empresa consiste em um software para realização de auditorias do consumo de água e energia em edifícios residenciais, reunindo uma rede multidisciplinar com especialistas do setor para trabalhar com geração de conhecimento, consultoria de projetos e capacitação de profissionais.

Mais sobre o hub de inovação – O Brazil Lab surgiu este ano como uma forma de atender a necessidade de inovação para soluções de problemas sociais em larga escala, como questões de saúde, abastecimento, locomoção, educação, empregabilidade, entre diversas outras preocupações do setor público. A ideia é que os empreendedores e jovens com ideias inovadoras contribuam para ajudar o governo a lidar com esses desafios.

Por outro lado, para ajudar os empreendedores a desenvolver a proposta, os dez projetos selecionados receberão mentoria de especialistas e professores do MIT, Harvard, Stanford, INSPER e FGV. Os selecionados ainda terão acesso a um ciclo de palestras com conteúdo especializado e desenvolvido especialmente para capacitar os participantes do programa.

As inscrições para concorrer a uma vaga seguem até esta sexta-feira (10) e podem ser feitas por qualquer pessoa interessada – seja ela representante ou não de uma empresa já estabelecida ou um negócio pré-operacional – que apresente uma ideia condizente com o regulamento e com os desafios estabelecidos pelo hub de inovação para o ano 2016.

Marcado , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.