Home Broker: passo a passo para o seu primeiro investimento

view.aspx

O Home Broker é a interface que conecta os investidores à Bolsa de Valores. Ao contrário do que muita gente pensa, hoje em dia não existe mais aquela cena dos filmes onde corretores gritam com telefones na orelha disputando a compra e venda de ações. Atualmente é tudo digital e, saber como funciona o Home Broker tornou-se fundamental para qualquer pessoa que deseja lucrar no mercado financeiro.

Operar através de um Home Broker é extremamente simples, desde que o investidor entenda a lógica da Bolsa de Valores. Partindo do princípio de que o mercado funciona sob a lei da oferta e demanda, a variação no preço das ações acontece de acordo com as decisões de compradores e vendedores. Quanto mais pessoas querendo comprar, mais cara a ação. Quanto mais pessoas que desejam vender, mais barata.

Primeiros cliques

Os sistemas de investimento mais modernos do mercado não exigem sequer uma instalação. Basta entrar no site da empresa que fornece seu Home Broker utilizando seu navegador e fazer o seu login. Ao entrar, você terá acesso à cotação das ações negociadas no pregão eletrônico da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo).

Começar a investir requer um conhecimento mínimo sobre o mercado. Existem diversas empresas, sites e blogs que oferecem conteúdos de qualidade para novos investidores. Além disso, empresas de análise e consultoria oferecem recomendações em tempo real sobre as melhores oportunidades no exato momento em que elas surgem.

Em seu Home Broker você verá, próximo à cotação de cada ação, os botões de compra e venda. Ao clicar em comprar você deverá preencher quanto deseja pagar por aquela ação, quantas ações deseja adquirir e, por fim, lançar a ordem. Quando o sistema encontrar um vendedor que aceite esse preço a operação será realizada e os papéis irão automaticamente para a sua carteira.

A hora de vender suas ações

Agora que você já possui ações em sua carteira, está habilitado a vendê-las quando bem entender. Para isso, basta lançar uma ordem de venda no mercado, definindo quantas ações deseja vender e qual o preço de cada uma. Assim como na compra, caso hajam compradores dispostos a pagar o preço que você enviou o sistema os encontrará automaticamente e o negócio será executado.

Mas, preste bastante atenção! De nada adianta querer vender uma ação que está cotada a R$13,00 por R$40,00. O sistema obviamente não encontrará nenhum comprador compatível e você perderá a oportunidade de vender o ativo. Justamente por isso é importante acompanhar o “book de ofertas” e as cotações para detectar boas oportunidades antes mesmo de comprar.

Nesse ponto vale ressaltar a importância do manejo de risco. Muitas vezes investidores iniciantes aplicam todo o seu capital em ações de uma mesma empresa, tornando os riscos dessa operação extremamente altos. Diversifique comprando ativos de mais de uma empresa, de preferência em segmentos diferentes, a fim de diminuir os riscos e aumentar as chances de lucro.

Detectando boas oportunidades

Agora que você já entendeu como comprar e vender ações através do seu Home Broker está na hora de aprender a detectar as melhores oportunidades do mercado. Existem diversas maneiras de detectá-las e cabe a você estudar para encontrar a que mais se ajusta ao seu perfil.

A Análise Gráfica (ou Análise Técnica) oferece uma série de índices capazes de nortear a tomada de decisão dos investidores baseando-se em dados referentes à movimentação de mercado. Ela leva em conta, por exemplo, o volume financeiro de uma ação (quanto dinheiro ela movimenta em um determinado período) e o histórico de preço desse ativo.

Já a Análise Fundamentalista considera diversas informações sobre as empresas, como por exemplo a saúde financeira da empresa, governança corporativa e potencial de crescimento, para identificar ações de empresas que podem ter valorização no longo prazo.

Conhecer as opções de análise é fundamental para o sucesso de qualquer estratégia de investimento, por isso invista tempo em conhecimento!

A corretora de valores mobiliários

Para seguir os passos acima é necessário que você tenha uma conta aberta em alguma corretora de valores mobiliários. É através dela que você receberá todos os lucros provenientes das suas movimentações e também é nela que serão debitados os possíveis prejuízos.

Saber que o mercado de ações oferece riscos, mas também grandes possibilidades de ganho é fundamental para quem está começando a entender como aplicar na Bolsa de Valores. Com uma estratégia bem feita, disciplina para seguí-la e busca constante pelo conhecimento é possível atingir excelentes resultados no mercado financeiro.

Marcado , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.