A tecnologia social na construção de negócios

As redes sociais são agentes transformadores e, os dispositivos móveis impulsionam ainda mais esses meios, pela facilidade de acesso. Um dos pontos que muitas companhias levam em consideração é utilizar a tecnologia social para a construção de negócios produtivos, e essa tendência já é percebida nas empresas brasileiras de diferentes setores. Instituições que ainda não estão presentes nas redes pretendem investir na área e as que já estão inseridas vem ampliando a atuação.

Seguindo esta tendência e buscando sempre temas que estão na pauta da sociedade, a Editora Évora possui em seu catálogo “O Novo Social Learning – Um guia para transformar organizações com as mídias sociais”, de Tony Bingham e Marcia Conner, que responde a questões básicas de aprendizagem com base na tecnologia e é enfático – “uma vez que você passa da pressão da informação para a absorção de conhecimento, libera força criativa para a sua equipe”.

O livro pode ser considerado um guia que ajuda o leitor a navegar na rede e oferece o que os autores consideram como “Regras do Playground”, exemplos e cases de empresas (Intel, Deloitte, CIA, entre outras) que provam como as mídias sociais são eficientes na hora de recrutar talentos, envolver colaboradores e desenvolver capacidades. Bingham e Conner defendem que, com base na tecnologia, o ensino e a instrução podem ter caráter colaborativo e criação conjunta, diluindo fronteiras e melhorando a experiência do grupo, além de deixar uma trilha digital rastreável que aponta o caminho de uma jornada de aprendizagem, permitindo que outros aproveitem.

O livro aborda as tendencias, os desafios e as oportunidades que as mídias trazem e que mudanças estão sujeitas em todos os momentos. Separado por capítulos, os próprios autores sugerem que a leitura seja feita da forma que o leitor determinar.

O ‘O Novo Social Learning – Um guia para transformar organizações com as mídias sociais’, é direcionado a “altos executivos, gestores em todos os níveis e pessoas que estão se desenvolvendo rapidamente para ocupar esses cargos. “Olhamos para o poder do social learning e compartilhamos histórias atraente de empresas que acreditaram no valor das tecnologias colaborativas para elevar e acelerar os negócios e o impacto sobre os colaboradores”. E como se trata de tecnologia e tudo pode mudar com o surgimento de novas ferramentas, os autores criaram um site complementar –thenewsociallearning.com – (em inglês) que pode ser útil para aprender mais sobre aplicativos.

SOBRE OS AUTORES

Tony Bingham – presidente e CEO da American Society for Training & Development (ASTD), tem o compromisso de assegurar que a comunidade de treinamento e desenvolvimento disponha das ferramentas necessárias para formar uma força de trabalho capaz e bem-sucedida. Com anos de experiência no setor tecnológico, ele compreende o poder das tecnologias colaborativas de criar grandes oportunidades para organizações.

Marcia Conner – sócia do Altimeter Group, auxilia empresas afim de que usem o processo de mudança em seu beneficio. Ela aplica experiências multidisciplinares para aceleração da cultura colaborativa, da aprendizagem no ambiente de trabalho e dos negócios nas mídias sociais. Com foco no Enterprise 2.0, ela fundou no Twitter o chat #Irnchat, escreve na revista Fast Company a coluna Aprendizagem em todos os níveis e integra um grupo de estudos na Darden School of Business.

Marcado , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.