• Translate to

    Arabic Arabic Chinese (Simplified) Chinese (Simplified) Dutch Dutch English English French French German German Italian Italian Portuguese Portuguese Russian Russian Spanish Spanish

Gartner diz que 40% das organizações esperam um impacto significativo, nos próximos três anos, com Internet das Coisas

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

De acordo com o Gartner Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, mais de 40% das organizações esperam que a Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) transforme seus negócios ou ofereça novas oportunidades de receita e redução de custos em curto prazo, ao longo dos próximos três anos. O restante das empresas (60%) acredita que isso ocorrerá em longo prazo, ou seja, a partir de cinco anos. No entanto, os entrevistados disseram que as suas organizações não têm uma estratégia de negócios estabelecida nem liderança técnica direcionando esforços para as iniciativas em Internet das Coisas.

O levantamento, realizado em outubro de 2014, entre membros do painel de gestão do Gartner, foi composto por 463 líderes de TI e de negócios que tinham conhecimento da estratégia IoT das suas organizações.
“A pesquisa confirmou que a Internet das Coisas ainda é algo novo e ‘imaturo’ e que muitas organizações começaram a experimentar agora a novidade”, disse Nick Jones, Vice-Presidente e Analista do Gartner.

“Apenas uma pequena minoria tem implantado soluções em um ambiente de produção. No entanto, os custos decrescentes de networking e processamento indicam que há poucos inibidores econômicos para adicionar sensores e comunicações para produtos de baixo valor. O verdadeiro desafio da Internet das Coisas é menos a fabricação de produtos ‘inteligentes’ e mais a compreensão das oportunidades de negócios geradas por esses produtos e novos ecossistemas”.

Para conferir o conteúdo na íntegra da pesquisa, acesse: http://www.gartner.com/newsroom/id/2977018

1328 Total Views 1 Views Today
Marcado , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO