Brasil supera Japão em número de pessoas com acesso à internet

Brasil supera Japão em número de pessoas com acesso à internet

O número de pessoas com acesso à internet em casa ou no local de trabalho no Brasil já é de 90,8 milhões de pessoas, segundo a pesquisa NetView, da Nielsen IBOPE. O número refere-se ao trimestre de junho, julho e agosto de 2014 e representa um crescimento de 14,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Na comparação com outros países acompanhados pela mesma pesquisa, o Brasil mostra o maior crescimento nos últimos meses, chegando a superar o Japão em número de pessoas com acesso a computadores com internet no trabalho ou em domicílios. Em agosto, o Japão registrou 87,7 milhões de pessoas com acesso nesses dois ambientes.

Evolução do número de pessoas com acesso no trabalho ou em domicílios, em milhares – Brasil e cinco mercados –– fevereiro de 2012 a agosto de 2014

Em domicílios, o crescimento anual do acesso no Brasil é de 14,8%, também superando outros países acompanhados pela pesquisa de internet da Nielsen. Em agosto de 2014, o total de brasileiros que moram em domicílios que têm computador com internet foi de 87,9 milhões.

Evolução do número de pessoas com acesso em domicílios ou no trabalho, em milhares de pessoas – Brasil e sete mercados – agosto de 2013 e agosto de 2014

O número de pessoas com acesso à internet no Brasil é ainda maior se considerados também outros ambientes, como lan houses, cibercafés, escolas, igrejas e outros locais. No primeiro trimestre de 2014, o total de pessoas com acesso em qualquer ambiente no Brasil foi de 120,3 milhões.

Evolução do tempo de uso por pessoa, número de usuários ativos e número de pessoas com acesso – Brasil – trabalho e domicílios – julho e agosto de 2014

Fonte: NetView, Nielsen IBOPE

Sites de educação cresceram mais em agosto

Os sites com conteúdos relacionados à educação e pesquisa escolar foram os que mais cresceram em agosto de 2014 na comparação com o mês anterior, segundo a pesquisa mensal de audiência de internet NetView, da Nielsen IBOPE. Com a volta às aulas no segundo semestre, a categoria Educação e Carreiras passou de 24,6 milhões de usuários únicos em julho para 26,7 milhões em agosto, o que significou um aumento de 8,4%, em casa ou no local de trabalho. A subcategoria Recursos Educacionais, em que se classificam os sites de conteúdo para consulta e para trabalhos escolares, cresceu 18,5% no período, ao passar de 16,1 milhões para 19,1 milhões de usuários. A subcategoria Universidades aumentou 9% no mês, partindo de 13,2 milhões de usuários em julho para 14,4 milhões em agosto.

Comments are closed