Trade turístico curitibano define ações de curto prazo para a Copa do Mundo

Foto: Naideron Jr

Interesse e engajamento foram as características a se destacar no Encontro de Mantenedores do CCVB – Curitiba, Região e Litoral Convention & Visitors Bureau, realizado na última terça-feira (20) que debateu o tema “Copa do Mundo: agora, durante e depois”.

O trade turístico também é responsável pela imagem que o turista terá da cidade, portanto, os participantes discutiram uma série de ações de curto prazo que consistem no bem receber os visitantes e em como gerar bons negócios. “Precisamos motivar os profissionais do turismo e comunidade para atender bem o turista e incentivar que ele conheça e aproveite ao máximo a nossa cidade, e retorne para sua casa com a melhor percepção e inesquecíveis recordações”, comenta Tatiana Turra, diretora executiva do CCVB.

Os mantenedores tiveram novas ideias e através do network feito no evento, novas parcerias surgiram. Empresários e autoridades do turismo perceberam que é preciso trabalhar juntos com uma linguagem padronizada para fixação da marca Curitiba. Um exemplo é a parceria entre a CIT Mídia e o CCVB, que juntas, vão lançar terminais de atendimento ao turista, postos de informações online com as ferramentas necessárias para informar os turistas tanto nacionais quanto estrangeiros, localizados nos principais pontos da cidade. Outra ação em conjunto com entidades é a Campanha #eucurtocuritiba, uma campanha de marketing viral.

Além dos empresários, executivos e especialistas convidados para o debate “Copa do Mundo: agora, durante e depois”, Adonai Aires de Arruda Filho, diretor da BWT Operadora, Beto Madalosso, sócio diretor do Grupo Madalosso, Juan Andrade, gerente de Receitas dos Hotéis Deville e coordenador do grupo COMPSET e o professor José Manoel Gonçalves Gândara, especialista em Marketing e Gestão do Turismo e Doutor em Turismo e Desenvolvimento Sustentável, estiveram presentes Marcelo Woellner, presidente da Abrasel – PR, Roberto Bacovis, presidente da Abav – PR, Rodrigo Swinka da Paraná Turismo e Cristiane dos Santos do Instituto Municipal de Turismo.

“Ficou evidente a preocupação de todos com a imagem do destino. A comprovação disso foram e as sugestões e iniciativas colocadas para criarmos em conjunto uma agenda. Com isso consolidamos a Copa do Mundo como uma oportunidade de negócios e de crescimento”, afirma Dario Paixão, presidente da entidade.

Paixão apresentou também os resultados de 2013 e ações que estão em andamento, como o Planejamento Estratégico da Copa e o Festival de Inverno, que já possui data, de 01 de julho a 17 de agosto.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.