Confira 7 dicas que podem melhorar sua vida pessoal e profissional com ferramentas de coaching

De acordo com Carlos Aldan, CEO do Grupo Kronberg, empresa especialista em Inteligência Emocional e que representa em solo brasileiro a primeira e maior organização de desenvolvimento da Inteligência Emocional, a Six Seconds, existem vários tipos de coaching tais como o executivo, de liderança, o life coaching (coaching de vida) & wellness coaching (coaching de bem-estar) e todos eles têm como objetivo elevar o grau de autoconsciência e autocontrole, trazer maior eficácia interpessoal e otimizar o desempenho de quem participa do treinamento.

Sobre o coaching no âmbito pessoal, Aldan explica que as ferramentas utilizadas podem ajudar no alcance das metas e trazer a autorrealização. “O coaching de vida tem como função tornar o dia a dia mais harmonioso, endereçando todos os domínios da nossa existência para melhorar como pessoa, a fim de eliminar a tensão e ansiedade. Com o treinamento também se pode aprender a distribuir metas para conciliar todos os pontos da vida”.

Confira abaixo sete dicas do CEO do Grupo Kronberg baseadas em ferramentas que são utilizadas no life coaching e aprenda como alcançar um grau de felicidade maior no dia a dia.

1 – Escolha um motivo e propósito de viver. Ter uma meta nobre, além das metas intermediárias de vida é fundamental para obter significado e propósito. Sem uma meta nobre, que funciona como uma bússola, a vida fica sem direção e acaba sendo conduzida como que por um piloto automático, apenas reativo aos eventos cotidianos.
Também é necessário definir metas específicas dentro da realidade vivenciada, para que seja possível ter um motivo que impulsionará o indivíduo a prosseguir mesmo nas horas mais desafiadoras. Essas metas também tem a função de ajudar a enfrentar os desafios de frente, com o objetivo de minimizá-los e viver melhor.

2 – Encare a vida como um caleidoscópio. O caleidoscópio é um cubo de metal formado por espelhos em sua parte interior, estes espelhos refletem uns aos outros. Se as pessoas estiverem em harmonia em todos os pontos da vida, um refletirá no outro em consonância.

3 – Zele pela vida íntima. Os relacionamentos pessoais alimentam diretamente o seu comportamento profissional, portanto, se algo não estiver indo bem com a família, amigos ou com a saúde, isso certamente refletirá no trabalho.

4 – Dê importância também para o lado espiritual. O ser humano costuma se questionar sobre os motivos de estar no mundo e refletir sobre a finitude da vida. Esta espiritualidade é necessária porque ajuda a encontrar o equilíbrio, que é essencial para ser mais feliz.

5 – Viva por felicidade além do dinheiro. O dinheiro paga as contas e compra objetos de desejo, porém não compra a felicidade. Para alcançá-la é preciso cultivá-la diariamente com pequenas ações que trazem prazer e sentido à vida. De acordo com um estudo da Universidade de Princeton, com aproximadamente 450 mil moradores dos EUA, dinheiro compra felicidade até certo ponto, pois o ser humano sente emoções no dia a dia e esses sentimentos afetam o bem-estar e a saúde.

6 – Equilíbrio é fundamental. Ter equilíbrio pode ser uma tarefa desafiadora, porém, é possível harmonizar e equilibrar os eventos cotidianos. Conciliar a família, o trabalho, a saúde e a espiritualidade é necessário para seguir na direção da paz interior e da felicidade.

7 – É preciso enfrentar as dificuldades. A busca para realização de sonhos deve acontecer apesar das dificuldades. Um sentimento que costuma impedir o ser humano de continuar é o medo. Essa sensação atrapalha e resulta na possível perda de oportunidades. Uma forma de navegar melhor nesse sentimento é encará-lo de frente, utilizando-o como aliado. Por exemplo, se uma pessoa tem medo de ir mal em uma prova, estudar irá ajudar a preparar-se mais e isso dará confiança para enfrentar o desafio.

Marcado , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.