Tablets superam notebooks em vendas pela primeira vez, segundo estudo da IDC

Impulsionado pelas promoções de Natal e “Black Friday”, o quarto trimestre registrou volume recorde de vendas com aproximadamente 3 milhões de unidades comercializadas; no ano de 2013 foram 8,4 milhões de tablets vendidos.

A IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, acaba de divulgar os dados consolidados do mercado de tablets no Brasil no quarto trimestre e do ano de 2013. No ano, foram vendidos 8,4 milhões de unidades, o que representa um crescimento de 157% se comparado ao volume comercializado em 2012. Apenas no último trimestre de 2013 foram comercializados 3 milhões de tablets, crescimento de 149% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“Este resultado é inédito para o setor. No ultimo trimestre de 2013 foi a primeira vez, desde que foram lançados, que os tablets superam os notebooks em volume de vendas em mais de 800 mil unidades”, diz Pedro Hagge, analista de mercado da IDC Brasil. Segundo ele, o setor já apresenta uma possível sazonalidade, onde datas festivas puxam o volume para cima. “É certo que o “Black Friday” veio para ficar e, junto com as compras de Natal, o mercado fica mais aquecido”, explica Hagge.

Segundo o analista da IDC Brasil, além do preço atrativo, outro fator que justifica esse sucesso nas vendas de tablets é a diversidade de públicos que este produto atende. “Os aparelhos customizados para o público infantil, por exemplo, vêm ganhando forte espaço no segmento, assim como os modelos desenhados para atender os projetos de educação e governo”, conclui Hagge.

Marcado , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.