Brasil é o país que melhor remunera os gerentes na América Latina

Apesar do baixo crescimento do PIB brasileiro e o ritmo mais conservador da economia, o Brasil ainda é o país que melhor remunera os profissionais de gestão na América Latina. É o que aponta o Estudo de Remuneração da Michael Page 2013/14, que avaliou a remuneração de 31 cargos nos países que a empresa atua na América Latina – Brasil, México, Argentina, Chile, Peru e Colômbia. De acordo com a pesquisa, em 48% de todas as posições avaliadas, o Brasil tem as melhores remunerações para a média e alta gerência, seguido do Chile, com 29% e Peru, com 10% das posições avaliadas. Na contramão, a Colômbia apresentou os menores salários nas posições avaliadas pelo estudo.Os valores apresentados foram retirados dos Estudos de Remuneração e desenvolvidos por cada um dos países pesquisados. Na pesquisa, foram avaliados 14 setores: Bancos, Engenharia e Manufatura, Finanças, Saúde, RH, Seguros, Jurídico, Óleo e Gás, Propriedade e Construção, Varejo, Vendas, Suprimentos, Tributos e TI.

Segundo Patrick Hollard, diretor do PageGroup para América Latina, mesmo com as incertezas econômicas que o país enfrentou, o Brasil tem setores que vão muito bem e que demandam profissionais em grande escala, o que impulsiona os salários dos executivos. Nas áreas de construção e impostos, por exemplo, os profissionais chegam a ter remunerações muito maiores que os outros países da AL.Outro ponto de destaque segundo Hollard é a economia mexicana, que apresentou crescimento de 4% no PIB em 2012. “O México embora tenha uma economia 50% menor que a nossa vem apresentando bons resultados e isso estimula as empresas a contratarem os melhores profissionais”, explica.

Marcado , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.